quinta-feira, 27 de maio de 2010

AMORTERAPIA (PROF. HERMÓGENES)





Tenho uma enorme pena do ignorante que diz:

"Amor coisa nenhuma; estou afim de gozar, ganhar, curtir, esbaldar..."

Que terrível doença que é a ignorância!

É doença mesmo, e infelizmente transmissível.

"Amor coisa nenhuma..."

Quem assim fala, além de doente, um sofredor, um imaturo, e, embora não pareça, um débil.

Quem é assim terá de sofrer muito para poder aprender; inevitavelmente atingirá o fundo do poço...

E é exatamente este desmoronar que o fará despertar, e só assim poderá ver o quanto é urgente tratar-se.

E aí, a terapia mais eficiente, aliás, a única, é aprender a AMAR.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

ESTAR EM PAZ CONSIGO MESMA (TÂNIA POLON)







O que é de fato estar em paz consigo mesma? Estamos em paz conosco? Quando podemos dizer que estamos em paz de verdade?

Algumas pessoas te dirão que estar em paz consigo mesmas é não dever dinheiro a ninguém, pagar suas contas em dia, que as deixa dormir em paz. Mas de fato não dever a ninguém ou pagar suas contas em dia não significa que estamos em paz conosco. Pagar suas contas em dia é uma simples obrigação de todos nós e não há mérito algum nisso.

Outras dirão que o dever cumprido as deixam em paz consigo mesma. Que ao ter educado bem aos seus filhos, estarão em paz consigo mesmas. Mas e a responsabilidade social? Nós a cumprimos de fato? Sei que temos direitos e deveres a cumprir diariamente em nossa vida, mas é responsabilidade de todos nós estimularmos crianças a agirem de acordo com a ética, princípios como a honestidade, respeito com as escolhas alheias, não sermos preconceituosos, ensinarmos a serem cidadãos.

Valores e virtudes que deveriam estar internalizados em nós, como o respeito ao próximo, devido as inúmeras dificuldades enfrentadas por pessoas com dificuldades de locomoção, idosos, pessoas grávidas, não são respeitados e valorizados nos grandes centros deste país. As pessoas se esquecem de olhar ao lado. Muitas, acredito que por estarem cansadas da maratona olímpica que corre solta nas grandes cidades, fecham seus olhos, fingem que estão dormindo para não cederem até mesmo as cadeiras que são destinadas as pessoas com essas dificuldades. Estas pessoas podem dizer que estão em paz consigo mesmas?

Outras dirão que elas se responsabilizando pelas suas próprias vidas já as deixam em paz consigo mesmas. A maior obrigação de suas vidas é consigo mesmas.

Outras dirão que estar em paz consigo mesmas é realizarem um trabalho voluntário... Que o trabalho voluntário as fazem plenas, reais, que ao doarem-se ao próximo preenchem suas vidas de amor e felicidade. Que este trabalho lhes proporciona a maior felicidade que tiveram em suas vidas e que ao deitarem suas cabeças no travesseiro, sentem-se com o sentimento do dever cumprido, e que estão em paz consigo mesmas...

Mas pergunto... Essa pessoas são plenamente felizes? Estar em paz consigo mesmas as deixam completamente felizes?

Qual é a diferença entre ser feliz e ter felicidade? FELIZES estamos em alguns momentos de nossas vidas, são pequenos momentos que nos fazem felizes. FELICIDADE é mais completa, é o nosso estado de espírito. É quando somos felizes e valorizamos as pequenas coisas da vida. Quando abrimos nossos olhos da alma para enxergar: o sorriso do SER HUMANO, o brotar de um grão de areia, o florescer de uma flor, o ir e vir das ondas do mar, o descer sereno das águas de um rio, o ser humano e a natureza em si estão repletos de temperos que nos leva a aprendermos a vivenciar a pura felicidade em nossas vidas...

Quando proporcionamos alegria aos outros, como se fosse um ímã, essa alegria retorna duplicada para nós. Muitas vezes, quando realizamos algo por outra pessoa, a pessoa mais necessitada somos nós. Eis a razão de tanta FELICIDADE que sentimos em AJUDAR AO NOSSO PRÓXIMO.

Se prestarmos mais atenção as pessoas ao lado, expulsaremos de perto de nós a tão dolorosa solidão. Quantas pessoas querem conversar conosco nas ruas, nos restaurantes, nos ônibus, nos metrôs, nas praças, em tantos lugares e fechamos nossos ouvidos para elas e depois pagamos altas somas em consultórios de psicólogos?

Muitas vezes não somos FELIZES por que não somos dóceis conosco, nos isolamos dos demais e sentimos um vazio profundo. Nunca se sabe quem será aquela pessoa que nos acolherá nesse ou naquele momento de nossa vida...

Ao fecharmos nossos olhos para as pessoas poderemos estar fechando nossos olhos para grandes coisas a serem realizadas em nossa vida. Quem sabe não estamos diante do grande amor que tanto vislumbramos? De um novo amigo fiel e companheiro que nos acompanhará na nossa jornada? Quem sabe??? Ninguém sabe, basta andar de olhos bem abertos para novas experiências!!! A vida pode ser diferente e melhor, DEPENDE DE CADA UM DE NÓS!!!

O AMOR QUE VOCÊ QUER (HELENA PAIX)







A questão é que mesmo com todos os sorrisos que você distribui para as pessoas, têm vezes em que você olha para o espelho e chora ao ver apenas a sua imagem.

E por mais que você tente se convencer de que a sua pessoa não deva nunca ser um “apenas”, a verdade é que às vezes o vazio é sim grande demais, o silêncio é alto demais e a solidão é asfixiante como uma multidão.

E você não consegue pôr em palavras o que quer, mas você já está cansada e sabe sim o que não quer.

Você não quer o caos que um dia já teve. Você não quer as brigas de volta. Você não quer de novo a sensação de estar sempre mendigando aquele amor. Você não quer a desigualdade. Você não quer sentir tanta insegurança e medo. Você não quer ser de novo a única a lutar por uma relação. Você não quer que outra vez você ame sem ser amada. Você não quer acreditar de novo para no fim ver-se sem sonho algum. Você não quer mais nada que faça o seu coração se quebrar e se machucar novamente.

E a questão é, querida, que eu sei que você está cansada. Eu sei que você está tentando ser forte e que está se agarrando a tudo para continuar a acreditar.

E lhe digo que você sabe sim o que você quer: você quer ser entendida. Você quer ser respeitada. Você quer ser aceita exatamente como você é. Você quer ser amada na sua forma mais natural e nua. Você quer alguém que sorria com o seu sorriso, alguém que chore as suas lágrimas. Alguém que saiba do seu silêncio.

Você quer alguém que te faça tirar os pés do chão. Alguém que traga toda a tua crença e esperança à tona de novo. Alguém que desenterre os sonhos que você escondeu lá bem dentro de você.

Você quer a coisa mais antiga do mundo, querida: você quer amar e ser amada de volta.

Eis a questão.

Eu li uma vez uma historinha sobre uma mulher que não acreditava em Deus. E um sábio lhe perguntava: há algo ou alguém que você ame muito? E ela respondeu: Tenho um sobrinho que amo imensamente. E o sábio respondeu: Então o seu sobrinho é o seu deus.

O que eu quero dizer com isso, querida?

Eu quero dizer que viver é uma questão de administrar os recursos que você tem NO MOMENTO.


Você não pode viver de ontem’s.

E muito menos viver de amanhã’s.

O HOJE É TUDO O QUE VOCÊ TEM.


Não lhe prometerei que o amor-amante chegará, querida.

Mas lhe prometo sim que você amará muito na sua vida se você se permitir ver, realmente enxergar, tudo o que maravilhosamente preenche a sua vida.

Prometo-lhe sim que se você souber caçar seus sorrisos, chegará o dia em que eles virão até você sem que você precise andar atrás deles.

Prometo-lhe sim que, se você aprender a ver, espelho algum é formado apenas de uma imagem. E, você, querida, você não é apenas uma. Você é tantas coisas dentro desse pacote que leva o seu nome!

Coisas que você tem que aprender a ver, a enxergar.

E o amor não leva apenas um nome, querida.

E a verdade é que, se quando você leu a frase “você quer amar e ser amada de volta” você disse um “isso mesmo!” dentro de você, eu já fico aqui pulando de alegria e de orgulho de você, querida!

Fico bem mais em paz por saber que você não aceitará nada menos que isso.

Que você curtirá todos os outros amores da sua vida em paz, até que um dia um amor que realmente mereça o nome de amor lhe encontre.

E se você souber reconhecer todos os outros ‘deuses’, todos os outros amores ao seu redor, lhe garanto: a sua vida se tornará muito mais repleta de sorrisos do que o que está.

E a verdade é, querida, que a vida é uma safadinha: ela só gosta de quem gosta dela.

Então lhe digo: se estou certa sobre o amor que você quer, me dê a graça de acreditar em mim e perceber o tanto de outras coisas que você tem no momento.

Quando a gente percebe o que tem, quando esse é o nosso foco, o que nos falta chega sem que soframos.

Porque é isso, entende?

A consciência da falta de um amor não ajuda na chegada dele, pelo contrário.

Mas a consciência do tanto que a vida te oferece faz com que o amor te ache de tantas formas que
é bem capaz que aquela forma esperada também chegue logo, logo.

Afinal, se eu fosse o amor eu iria morar em quem sabe reconhecê-lo nas suas várias formas.

Ame, querida.

A si mesma e ao que você já tem.

O que você ainda não tem, chega.

Como tantas outras coisas que você já conquistou.

Se você quer um amanhã legal, cuide do hoje.

Ele deve ser a sua prioridade.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

VOCABULÁRIO DA VIDA (LUIZ GONZAGA PINHEIRO)







Pequeno dicionário para se entender mais profundamente o significado de algumas palavras muito importantes na vida de qualquer pessoa, explicado com o sentimento, sem a formalidade das regras gramaticais ou amarras filosóficas.


Adeus: É quando o coração que parte deixa a metade com quem fica.

Amigo: É alguém que fica para ajudar quando todo mundo se afasta.

Amor ao próximo: É quando o estranho passa a ser o amigo que ainda não abraçamos.

Caridade: É quando a gente está com fome, só tem uma bolacha e reparte.

Carinho: É quando a gente não encontra nenhuma palavra para expressar o que sente e fala com as mãos, colocando o afago em cada dedo.

Ciúme: É quando o coração fica apertado porque não confia em si mesmo.

Cordialidade: É quando amamos muito uma pessoa e tratamos todo mundo da maneira que a tratamos.

Doutrinação: É quando a gente conversa com o Espírito colocando o coração em cada palavra.

Entendimento: É quando um velhinho caminha devagar na nossa frente e a gente, estando apressado, não reclama.

Evangelho: É um livro que só se lê bem com o coração.

Evolução: É quando a gente está lá na frente e sente vontade de buscar quem ficou para trás.

Fé: É quando a gente diz que vai escalar um Everest e o coração já o considera feito.

Filhos: É quando Deus entrega uma jóia em nossas mãos e recomenda cuidá-la.

Fome: É quando o estômago manda um pedido para a boca e ela silencia.

Inimizade: É quando a gente empurra a linha do afeto para bem distante.

Inveja: É quando a gente ainda não descobriu que pode ser mais e melhor do que o outro.

Lágrima: É quando o coração pede aos olhos que falem por ele.

Lealdade: É quando a gente prefere morrer que trair a quem ama.

Mágoa: É um espinho que a gente coloca no coração e se esquece de retirar.

Maldade: É quando arrancamos as asas do anjo que deveríamos ser.

Morte: Quer dizer viagem, transferência ou qualquer coisa com cheiro de eternidade.

Netos: É quando Deus tem pena dos avós e manda anjos para alegrá-los.

Obsessor: É quando o Espírito adoece, manda embora a compaixão e convida a vingança para morar com ele.

Ódio: É quando plantamos trigo o ano todo e estando os pendões maduros a gente queima tudo em um dia.

Orgulho: É quando a gente é uma formiga e quer convencer os outros de que é um elefante.

Paz: É o prêmio de quem cumpre honestamente o dever.

Perdão: É uma alegria que a gente dá e que pensava que jamais a teria.

Perfume: É quando mesmo de olhos fechados a gente reconhece quem nos faz feliz.

Pessimismo: É quando a gente perde a capacidade de ver em cores.

Preguiça: É quando entra vírus na coragem e ela adoece.

Raiva: É quando colocamos uma muralha no caminho da paz.

Saudade: É estando longe, sentir vontade de voar; e estando perto, querer parar o tempo.

Sexo: É quando a gente ama tanto que tem vontade de morar dentro do outro.

Simplicidade: É o comportamento de quem começa a ser sábio.

Sinceridade: É quando nos expressamos como se o outro estivesse do outro lado do espelho.

Solidão: É quando estamos cercados por pessoas, mas o coração não vê ninguém por perto.

Supérfluo: É quando a nossa sede precisa de um gole de água e a gente pede um rio inteiro.

Ternura: É quando alguém nos olha e os olhos brilham como duas estrelas.

Vaidade: É quando a gente abdica da nossa essência por outra; geralmente pior.


O texto foi extraído do livro: “O Homem que Veio da Sombra”, do autor Luiz Gonzaga Pinheiro

quinta-feira, 20 de maio de 2010

FRASES, CITAÇÕES E PENSAMENTOS (CONFÚCIO)







• Experiência é o pente que a vida nos dá quando já estamos carecas.

• De nada vale tentar ajudar aqueles que não ajudam a si mesmo.

• É preciso mudar para que haja constante felicidade e sabedoria.

• O homem que cometeu um erro e não o corrige está cometendo outro erro.

• Quando vier a prosperidade, não a use de uma vez.

• A diferença entre um homem de sucesso e outro orientado para o fracasso é que um está aprendendo a errar, enquanto o outro está procurando aprender com os seus próprios erros.

• A humildade é o sólido fundamento de todas as virtudes.

• A virtude da humanidade consiste em amar os homens; a prudência, em conhecê-los.

• Aja antes de falar e, portanto, fale de acordo com os seus atos.

• Aprende a viver e saberás morrer bem.

• As palavras são a voz do coração.

• Até que o sol brilhe, acendamos uma vela na escuridão.

• Conhecimento real é saber a extensão da própria ignorância.

• Deixa o caráter ser formado pela poesia, fixado pelas leis do bom comportamento, e aperfeiçoado pela música.

• De nada vale tentar ajudar aqueles que não se ajudam a si mesmos.

POR QUE SOMOS TÃO IMEDIATISTAS? (TÂNIA POLON)







Por que queremos que tudo ocorra no nosso próprio momento e nos esquecemos que o melhor momento não é o nosso, mas o que Deus determina para nós? Por que queremos tudo para ontem e nos esquecemos de viver cada dia da nossa vida, quando percebemos a vida passou por entre os nossos dedos e nos deixou uma grande saudade da experiência não vivenciada?

Estamos presos a tantos projetos de vida que muitas vezes negligenciamos pessoas e fatos importantes em nossa vida. Vivemos numa rotina tão corrida que nos esquecemos que o sorriso mora ao lado. Que tem pessoas que nos admiram, nos amam, que gostariam de estar pelo menos um minuto conosco.

Mas não é tão fácil viver num clima de tanta competitividade. Às vezes perdemos nosso foco quando lutamos arduamente por uma vida cheia de desafios. Como diz o ditado popular: “Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”. Qual rumo devemos tomar, qual é a melhor direção a ser seguida? Seguir a sua vontade interior, tentar ouvir os apelos do seu coração. Parar um pouco e refletir qual é o melhor caminho a ser seguido rumo a sua felicidade.

Quando planejamos realizar algo com muita força e determinação, nos empenhamos para que esse algo se transforme num fruto das nossas lutas e não conseguimos obter o êxito tão esperado. Sentimo-nos a pior das criaturas desse universo... É como se estivéssemos abandonados por tudo e por todos.

Mas nem tudo está perdido! Nenhuma luta será em vão. Temos que acordar o mais cedo possível, sair desse ostracismo latente que paira sobre nós, e continuar na luta. Muitos dos projetos idealizados por nós, não fazem parte da nossa vida... Não devemos deixar o esmorecimento se apoderar do nosso corpo, do nosso coração, da nossa mente, de nós mesmos. Temos que arregaçar as mangas e continuar na batalha até vencermos nossa guerra interior. Será que lutamos tão bravamente em prol dos nossos sonhos e projetos?

Deus nas entrelinhas quer nos mostrar o quão fortes ou fracos estamos para com nossas lutas diárias. Basta observarmos aonde foi que erramos, o que deve ser mudado. Quais as ferramentas que temos em nossas mãos para que possamos ser de fato vencedores dos nossos sonhos, ideais e projetos de vida.

Quem disse que seria fácil? Se fosse fácil todos seriam arquimilionários. Ninguém precisaria lutar para conquistar seus objetivos. A vida nos trás a todo o momento coisas maravilhosas. Vamos até chegar ao patamar de arquimilionários, mas não vamos perder a sensibilidade para que possamos perceber a grandeza dos seres humanos, da natureza, do sol, da lua, dos mares, do céu, da poesia pura que vem do coração.

Que o nosso lado humano permaneça amoroso, sereno, tranquilo, humilde, cheio de contentamento, corajoso e sempre vivo conosco para os embates da vida diária...

quinta-feira, 13 de maio de 2010

SERMOS FELIZES SIMPLESMENTE - (TÂNIA POLON)








A vida nos oferece todos os dias altos montes para atingirmos, mas nos prendemos a pequeninas planícies, não temos coragem de sonhar alto, não nos imaginamos vencedores antes de começarmos uma luta árdua. Você pensou que seria fácil? Viver em um mundo com bilhões de pessoas querendo alcançar metas, superar desafios e os próprios limites? Não é coisa fácil, mas, não se dar ao luxo de correr em direção aos seus desafios, é deixar a vida correr solta e não adianta chorar amanhã. Lembre-se que hoje será ontem amanhã e o tempo voa...

SONHAR... Por que não? Ai de nós se não nos restasse o sonho. O sonho nos suaviza a alma, nos acalenta por dentro, nos faz sorrir pelo que conquistaremos ainda. Faz-nos fortes e corajosos, nos sentimos heróis de nós mesmos. Viver sem limites para sonhar é você internalizar uma grande vontade e se sentir poderoso para começar a idealizar seus sonhos...

Que bom que já tem sonhos, mas e daí? Não é hora de começar a dar os primeiros passos para a concretização dos seus SONHOS ou OBJETIVOS? Não tenha medo de encarar a vida de frente, ganhará aprendizado, amadurecerá como ser humano, fique feliz com a linda pessoa que és e acredite que você também é capaz de ser o SER HUMANO que gostaria que fosse.

Todos os vencedores de hoje não tiveram medo de si mesmo, se assim o tiveram, venceram suas fraquezas e fragilidades e chegaram aonde quiseram. Não tenha medo do desconhecido. Quem sabe o desconhecido não é tão feio quanto parece? Muitas vezes o desconhecido que nos assusta pode vir recheado de momentos que nos fará melhores do que somos e felizes de verdade!

Se pararmos um pouco para sentir a brisa suave que entra em nossas narinas, perceberemos a grandeza deste universo e seremos invadidos por uma paz e serenidade renovadoras.

Temos que aprender a parar, a refletir, serenar, olhar mais para as pessoas, brincar, passear, ir ao parque, ao cinema, ao teatro, andar pela rua sem compromisso. A vida passa tão depressa que quando acordarmos... Os anos se passaram! E não viveremos tudo o que tínhamos para viver. Prendemo-nos a correria do dia a dia e nos esquecemos que somos simplesmente SERES HUMANOS QUE QUEREM SOMENTE, SER FELIZES...

sábado, 8 de maio de 2010

QUAL É O SIGNIFICADO DA PALAVRA AMOR??? (TÂNIA POLON)







O Amor nos transforma em pessoas mais meigas, o amor...

Razão que nos move a fazer sempre o bem...

Razão que nos move a perdoar o nosso próximo...

Razão que nos leva a sorrir por um simples gesto recebido...

Razão que nos leva a viver em serenidade...

Razão que nos deixa enternecido...

Razão que nos deixa sereno...

Razão que nos revela o quanto devemos ser dóceis conosco...

Razão que nos revela segredos que nos alavanca a vida...

Razão fundamental para nos sentirmos ágeis...

Razão fundamental para nos sentirmos bem conosco...

Razão que nos impulsiona a seguirmos para frente...

Razão que nos impulsiona a mantermos ideais e sonhos bons...

O AMOR NOS ENVOLVE CALOROSAMENTE SEMPRE QUE NOS SENTIMOS VIVOS PARA ACREDITAR QUE AMAR VALE SEMPRE A PENA...

QUANDO NOS SENTIMOS PERSONAGENS PRINCIPAIS DA NOSSA VIDA E LUTAMOS PELA FELICIDADE...

QUANDO ACREDITAMOS QUE A VIDA PODE NOS OFERECER FLORES COLORIDAS...

AMAR É RAZÃO DA EXISTÊNCIA DO AMOR...

AMOR É A RAZÃO DA NOSSA FORMA DE AMAR...

20 PENSAMENTOS (ECKHART TOLLE)

1) O momento presente é a coisa mais preciosa que existe... As pessoas não percebem que agora é tudo o que é, não exi...