quarta-feira, 17 de novembro de 2010

VERSO-TE (BTSE)






Verso- te mulher!
Fonte de vida.
Ser de luz.

Verso-te mulher!
Estrela de cinema.
Musa da canção.
Inspiração.
Palavra amor.

Verso-te mulher!
Cantada.
Versada.
Amada.

Verso-te mulher!
Que embala o berço.
Sorri com seu filho,
Ama infinitamente.

Verso-te mulher!
Signo esperança,
Raio de luz,
Soneto amor.

Verso-te mulher!
Em papel cor pele,
Composição metrificada
Poetizada com a emoção.

Poetizo-te mulher!
Um verso sem regras
Branco ou preto,
Uma composição de amor.

Poetizo-te mulher!
Em palavras ritmadas
Livres ou soltas,
Um poema de amor

Poetizo-te mulher!
Do amanhecer,
A mais linda madrugada,
A conjugação perfeita
Do verbo amar.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

REVOLUÇÃO DA ALMA (ARISTÓTELES)






Ninguém é dono da sua felicidade, por isso não entregue sua alegria, sua paz sua vida nas mãos de ninguém, absolutamente ninguém.

Somos livres, não pertencemos a ninguém e não podemos querer ser donos dos desejos, da vontade ou dos sonhos de quem quer que seja. A razão da sua vida é você mesmo. A tua paz interior é a tua meta de vida.

Quando sentires um vazio na alma, quando acreditares que ainda está faltando algo, mesmo tendo tudo, remete teu pensamento para os teus desejos mais íntimos e busque a divindade que existe em você.

Pare de colocar sua felicidade cada dia mais distante de você.

Não coloque o objetivo longe demais de suas mãos: abrace os que estão ao seu alcance hoje. Se andas desesperado por problemas financeiros, amorosos, ou de relacionamentos familiares, busca em teu interior a resposta para acalmar-te, você é reflexo do que pensas diariamente.

Pare de pensar mal de você mesmo(a), e seja seu melhor amigo(a) sempre.

Sorrir significa aprovar, aceitar, felicitar. Então abra um sorriso para aprovar o mundo que te quer oferecer o melhor. Com um sorriso no rosto as pessoas terão as melhores impressões de você, e você estará afirmando para você mesmo que está "pronto“ para ser feliz.

Trabalhe, trabalhe muito a seu favor. Pare de esperar a felicidade sem esforços. Pare de exigir das pessoas aquilo que nem você conquistou ainda. Critique menos, trabalhe mais.

E não se esqueça nunca de agradecer. Agradeça tudo que está em sua vida nesse momento (...)

Nossa compreensão do universo ainda é muito pequena para julgar o que quer que seja na nossa vida. A grandeza (da vida) não consiste em receber honras, mas em merecê-las.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

NOVE FRASES PARA REFLETIR





1: Deus não escolhe pessoas capacitadas, Ele capacita os escolhidos.

2: Um com Deus é maioria.

3: Devemos orar sempre, não até Deus nos ouvir, mas até que possamos ouvir a Deus.

4: Nada está fora do alcance da oração, exceto o que está fora da vontade de Deus.

5: O mais importante não é encontrar a pessoa certa, e sim ser a pessoa certa.

6: Moisés gastou:
40 anos pensando que era alguém;
40 anos aprendendo que não era ninguém;
40 anos descobrindo o que Deus pode fazer com um NINGUÉM.

7: A fé ri das impossibilidades.

8: Não confunda a vontade de DEUS, com a permissão de DEUS.

9: Não diga a DEUS que você tem um grande problema. Mas diga ao problema que você tem um grande DEUS.

sábado, 16 de outubro de 2010

PROFESSORES (TÂNIA POLON)






Dia 15 de outubro foi o dia do PROFESSOR e podemos todos nós nos sentir privilegiados por esse grande dia.

A missão do professor é mais ampla do que pensamos... Ele nos ensina a enxergar o mundo vislumbrando um futuro de sucessos... Ele nos inspira a fazer o que é certo em direção a nossa felicidade, ele nos ensina a acreditar em nosso potencial...

Professores de cidades grandes, de cidades médias, de cidades pequenas, da zona rural. Quanta dedicação externada por tanto amor ao próximo, amor pelo entendimento, amor pelo dever cumprido.

Quantos não são os professores que trabalham nos três turnos para que possam sobreviver? Ser professor de qualquer eixo é ser um super herói... Precisam muitas vezes recorrer à própria criatividade para que possam interagir e entreter os seus alunos.

Essa profissão deveria ser motivo de orgulho para todos nós que tivemos vários professores que nos ajudaram a criar nossa bagagem cultural, a nos transformar nos seres humanos que somos hoje. Não valorizamos o professor como deveria. O professor nos leva a viajar por caminhos inimagináveis. Quantos não são os alunos que nunca visitaram este ou aquele lugar, mas através dos livros foi conduzido por caminhos jamais visitados, mas que a sua imaginação o transformou em algo real para si mesmos?

Nada mais prazeroso do que você ver os olhos brilharem de alegria quando alguém aprende algo. Quando o professor enxerga em seus alunos alegria no aprendizado de uma simples matéria ele já se sente pleno e realizado por ter passado a lição de aprendizado a pelo menos um aluno.

Professores são todos nós que aprendemos e ensinamos diariamente uns aos outros a viver com classe, mas professor de profissão requer dedicação integral dentro e fora dos muros escolares, requer estado de alerta, requer amor a profissão, requer pura e inteira dedicação.

Ele nos mostra que tudo fica mais fácil quando estudamos , basta que nos dediquemos, tenhamos cuidado e zelo pelo nosso futuro que tudo será grandioso... Ele ainda nos mostra a importância de nos dedicarmos inteiramente por uma profissão que nos leve a sermos realizados, felizes e plenos na vida.

O professor dedicado nos inspira a sermos felizes, nos coloca de frente a nós mesmos e se esforça para que busquemos um caminho que nos satisfaça como seres humanos que somos, seres pensantes e que nos orientemos por nós mesmos.

Professores são todas as pessoas que ensinam umas as outras suas vivências e experiências de vida. Quando um aluno aprende, o professor sente-se realizado por ter plantado uma semente de conhecimento e essa semente deu frutos saborosos.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

SOMOS POLITIZADOS? (KIKA MENDONÇA)






Resposta ao email de Canadenses propagado por internautas Brasileiros sobre mentiras relacionadas a nossa candidata Brasileira Dilma. Acorda Brasil!!!

Antes que qualquer um de vocês falem de qualquer candidato, pergunte a si mesmos, eu sou politizado?

Se nunca se importaram em ler o estatuto dos partidos brasileiros, conhecer suas ideologias e que tipo de Brasil eles querem dar ao povo brasileiro, não há moral no que vocês propagam.

Passar corrente falando mal desse ou daquele candidato, é meramente um serviço de massa, que no jargão político é massa de manobra, ou seja, é boi levado ao matadouro.

Porque digo isso, porque me canso em ver atirarem pedra sem serem genuinamente brasileiros, pois vocês são apenas povo, e povo não sabe o que diz, não sabe argumentar porque são vazios de conteúdo político, são omissos por ignorância, essa ignorância nasce da falta de participação na vida pública, da falta de educação para a política.

Povo é isso, vive recorrendo a terceiros para justificar o comportamento de seu país, não se pergunta qual a contribuição quer dar para o seu país mudar.

Eu respondo, vocês não dão nenhuma contribuição, porque não sabem a ordem econômica que rege o Brasil, tão pouco vislumbram algum futuro, porque quem muda o Brasil são seus cidadãos, engajados na luta contínua para isso, e não esses incautos que precisam da imprensa marrom para respaldar sua omissão.

Faz-se avaliação política é visitando suas ruas, suas periferias, participando das sessões da Câmara e do Senado, e não sentado no teatro, ou cinema, mandando e-mails, achando que está construindo um bom candidato, ou um país melhor.

Vocês são a verdadeira vergonha do Brasil, pois analfabeto não é o de letras, mas sim, o de política como vocês, então que tipo de reforma vocês querem?

Querem uma revolução em tudo, se vocês não participam nem com o voto consciente?

Vocês lêem Plantão quando lhes convém, mas quando convém ler Russeau, não é com vocês, então leia a Marilena Chauí, tirem suas ignorâncias, leiam alguém, mas encontre resposta para argumentar o tipo de Estado que vocês buscam: comunismo é Marx, absolutismo é Tomas Hobbes, Estado forte e rico é Jonh Lock, Estado mínimo e fortalecimento dos países ricos é PSDB, Estado forte com inclusão gradual é PT e alianças, então aproveitem a leitura.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

PEDAGOGIA DO OLHAR (RUBEM ALVES)






Educar é mostrar a vida a quem ainda não a viu. O educador diz: “Veja!” - e, ao falar, aponta. O aluno olha na direção apontada e vê o que nunca viu. Seu mundo Ele fica mais rico interiormente... Se expande.

E, ficando mais rico interiormente, ele pode sentir mais alegria e dar mais alegria que é a razão pela qual vivemos.

Já li muitos livros sobre psicologia da educação, sociologia da educação, filosofia da educação mas, por mais que me esforce, não consigo me lembrar de qualquer referência à educação do olhar ou à importância do olhar na educação, em qualquer deles.

A primeira tarefa da educação é ensinar a ver...

É através dos olhos que as crianças tomam contato com a beleza e o fascínio do mundo...

Os olhos têm de ser educados para que nossa alegria aumente.

A educação se divide em duas partes: Educação das Habilidades e Educação das Sensibilidades...

Sem a educação das sensibilidades, todas as habilidades são tolas e sem sentido.

Os conhecimentos nos dão meios para viver. A sabedoria nos dá razões para viver.

Quero ensinar as crianças. Elas ainda têm olhos encantados. Seus olhos são dotados daquela qualidade que, para os gregos, era o início do pensamento:... A capacidade de se assombrar diante do banal.

Para as crianças, tudo é espantoso: um ovo, uma minhoca, uma concha de caramujo, o vôo dos urubus, os pulos dos gafanhotos, uma pipa no céu, um pião na terra. Coisas que os eruditos não vêem.

Na escola eu aprendi complicadas classificações botânicas, taxonomias, nomes latinos – mas esqueci. Mas nenhum professor jamais chamou a minha atenção para a beleza de uma árvore...

Parece que, naquele tempo, as escolas estavam mais preocupadas em fazer com que os alunos decorassem palavras que com a realidade para a qual elas apontam.

As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor. Aprendemos palavras para melhorar os olhos.

Aprendemos palavras para melhorar os olhos. As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor.

Há muitas pessoas de visão perfeita que nada vêem... O ato de ver não é coisa natural. Precisa ser aprendido.

Quando a gente abre os olhos, abrem-se as janelas do corpo, e o mundo aparece refletido dentro da gente.

São as crianças que, sem falar, nos ensinam as razões para viver. Elas não têm saberes a transmitir. No entanto, elas sabem o essencial da vida.

Quem não muda sua maneira adulta de ver e sentir e não se torna como criança jamais será sábio.

Ama a simplicidade
Ama a ociosidade criativa
Ama a vida, a beleza e a poesia
Ama as coisas que dão alegria
Ama a natureza e a reverência pela vida
Ama os mistérios
Ama a educação como fonte de esperança e transformação
Ama todas as pessoas, mas tem um carinho muito especial pelos alunos e professores
Ama Deus, mas tem sérios problemas com o que as pessoas pensam e/ou dizem a Seu respeito
Ama as crianças e os filósofos – ambos têm algo em comum: fazer perguntas
Ama, ama, ama, ama...

As crianças não têm idéias religiosas, mas têm experiências místicas. Experiência mística não é ver seres de um outro mundo. É ver este mundo iluminado pela beleza.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

ROTEIRO (CHICO XAVIER / EMMANUEL)





No corpo humano, temos na Terra o mais sublime dos santuários e uma das supermaravilhas da obra divina.

A bênção de um corpo, ainda que mutilado ou disforme, na Terra, é como preciosa oportunidade de aperfeiçoamento espiritual, o maior de todos os dons que o nosso planeta pode oferecer.

O corpo é para o homem santuário real de manifestação, obra-prima do trabalho seletivo de todos os reinos em que a vida planetária subdivide.

Os aleijões de nascença e as moléstias indefiníveis constituem transitórios resultados dos prejuízos que, individualmente, causamos à corrente harmoniosa da evolução.

A energia mental é o fermento vivo que improvisa, altera, constringe, alarga, assimila, desassimila, integra, pulveriza ou recompõe a matéria em todas as dimensões.

Por isso mesmo, somos o que decidimos, possuímos o que desejamos, estamos onde preferimos e encontramos a vitória, a derrota ou a estagnação, conforme imaginamos.

Os acontecimentos obedecem às nossas intenções e provocações manifestas ou ocultas. Encontraremos o que merecemos, porque merecemos o que buscamos.

A existência, pois, para nós, em qualquer parte, será invariavelmente segundo pensamos.

A mente é manancial vivo de energias criadoras. O pensamento é substância, coisa mensurável.

Encarnados e desencarnados povoam o planeta, na condição de habitantes dum imenso palácio de vários andares, em posições diversas, produzindo pensamentos múltiplos que se combinam, que se repelem ou que se neutralizam.

O idealismo operante, a fé construtiva, o sonho que age, são pilares de todas as realizações.

Quem mais pensa, dando corpo ao que idealiza, mas apto se faz à recepção das correntes mentais invisíveis, nas obras do bem ou do mal.

O Homem permanece envolto em largo oceano de pensamentos, nutrindo-se de substância mental em grande proporção.

Toda criatura absorve, sem perceber, a influência alheia nos recursos imponderáveis que lhe equilibram a existência.

Em forma de impulsos e estímulos, a alma recolhe, nos pensamentos que atrai, as forças de sustentação que lhe garantem as tarefas no lugar em que se coloca.

Nossa inspiração está filiada ao conjunto dos que sentem como nós, tanto quanto a fonte está comandada pela nascente.

Somos obsidiados por amigos desencarnados ou não e auxiliados por benfeitores, em qualquer plano da vida, de conformidade com a nossa condição mental.

Precisamos compreender – repetimos – que os nossos pensamentos são forças, imagens, coisas e criações visíveis e tangíveis no campo espiritual.

Atraímos companheiros e recursos, de conformidade com a natureza de nossas idéias, aspirações, invocações e apelos.

Estejamos, assim, convictos de que os nossos companheiros na Terra ou no Além são aqueles que escolhemos com as nossas solicitações interiores, mesmo porque, segundo antigo ensinamento evangélico, “teremos nosso tesouro onde colocarmos o coração”.

Frases extraídas da obra: Emmanuel (Espírito). Roteiro, [ditada] pelo espírito de Emmanuel, psicografada por Francisco Cândido Xavier. Rio de Janeiro: FEB, 1952.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

O SORRISO (TÂNIA POLON)






O que temos a falar sobre o sorriso? É uma demonstração direta da alegria, por que não dizer? É uma exteriorização dos nossos mais arraigados sentimentos. Quando sorrimos, externamos nossa felicidade e convidamos às pessoas a caminharem conosco neste sentimento.

Se pensarmos que com um simples sorriso somos capazes de promover várias mudanças no nosso dia a dia e das pessoas, sorriríamos muito mais. Quantos dissabores já não foram evitados através de um simples sorriso? Quantos problemas já não foram superados pelo convívio com pessoas de alto astral? Quando alguém te perguntar algo constrangedor, não fique constrangido, simplesmente sorria!

Temos vários estágios do sorriso: o sorriso tímido que encanta a quem o recebe; o sorriso extrovertido que descongestiona as veias e as artérias de quem o dá e de quem o recebe; o sorriso solto que nos leva a percorrer momentos de grandes alegrias, e temos também, a gargalhada que é capaz de provocar um clima de muita descontração, sendo o estágio mais caloroso e acolhedor do sorriso, pois atinge a muitos expectadores.

Imagine-se numa festa sem a presença do sorriso... que festa chata! Com certeza 99% dos participantes iriam embora e deixariam os anfitriões curtindo a maior decepção pelo insucesso. Tudo pela falta de sorrisos. Nada como você ser recebido por alguém com um encantador sorriso nos lábios, você se sente tão à vontade como se estivesse em sua própria festa.

Quantos músculos não serão utilizados para mostrarmos nosso lado insatisfeito e rabugento? Com certeza muito menos para demonstrarmos todo carisma, brilho, carinho, amizade, amor e felicidade através da leveza que o sorriso representa. Portanto, vamos SORRIR para que possamos começar a construir um mundo melhor e com muita paz, amor, fraternidade, companheirismo e acima de tudo FELICIDADE PELA DESCOBERTA DA VERDADEIRA AMIZADE.

SORRISO: É o espelho de nossa alma, e com esse gesto tão simples e eficaz propiciaremos nosso equilíbrio interno e de outras pessoas. Quando sorrimos, externamos o quanto estamos felizes conosco e com a nossa vida...


terça-feira, 7 de setembro de 2010

DAS VANTAGENS DE SER BOBO (CLARICE LISPECTOR)






O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: "Estou fazendo. Estou pensando."

Ser bobo às vezes oferece um mundo de saída porque os espertos só se lembram de sair por meio da esperteza, e o bobo tem originalidade, espontaneamente lhe vem a idéia.

O bobo tem oportunidade de ver coisas que os espertos não vêem. Os espertos estão sempre tão atentos às espertezas alheias que se descontraem diante dos bobos, e estes os vêem como simples pessoas humanas. O bobo ganha utilidade e sabedoria para viver. O bobo nunca parece ter tido vez. No entanto, muitas vezes, o bobo é um Dostoievski.

Há desvantagem, obviamente. Uma boba, por exemplo, confiou na palavra de um desconhecido para a compra de um ar refrigerado de segunda mão: ele disse que o aparelho era novo, praticamente sem uso porque se mudara para a Gávea onde é fresco. Vai a boba e compra o aparelho sem vê-lo sequer. Resultado: não funciona. Chamado um técnico, a opinião deste era de que o aparelho estava tão estragado que o conserto seria caríssimo: mais valia comprar outro. Mas, em contrapartida, a vantagem de ser bobo é ter boa-fé, não desconfiar, e portanto estar tranqüilo. Enquanto o esperto não dorme à noite com medo de ser ludibriado. O esperto vence com úlcera no estômago. O bobo não percebe que venceu.

Aviso: não confundir bobos com burros. Desvantagem: pode receber uma punhalada de quem menos espera. É uma das tristezas que o bobo não prevê. César terminou dizendo a célebre frase: "Até tu, Brutus?"

Bobo não reclama. Em compensação, como exclama!

Os bobos, com todas as suas palhaçadas, devem estar todos no céu. Se Cristo tivesse sido esperto não teria morrido na cruz.

O bobo é sempre tão simpático que há espertos que se fazem passar por bobos. Ser bobo é uma criatividade e, como toda criação, é difícil. Por isso é que os espertos não conseguem passar por bobos. Os espertos ganham dos outros. Em compensação os bobos ganham a vida. Bem-aventurados os bobos porque sabem sem que ninguém desconfie. Aliás não se importam que saibam que eles sabem.

Há lugares que facilitam mais as pessoas serem bobas (não confundir bobo com burro, com tolo, com fútil). Minas Gerais, por exemplo, facilita ser bobo. Ah, quantos perdem por não nascer em Minas!

Bobo é Chagall, que põe vaca no espaço, voando por cima das casas. É quase impossível evitar excesso de amor que o bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor. E só o amor faz o bobo.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

PARA VIVER UM GRANDE AMOR (VINÍCIUS DE MORAES)






Para viver um grande amor, preciso é muita concentração e muito siso, muita seriedade e pouco riso - para viver um grande amor.

Para viver um grande amor, mister é ser um homem de uma só mulher; pois ser de muitas, poxa! é de colher... - não tem nenhum valor.

Para viver um grande amor, primeiro é preciso sagrar-se cavalheiro e ser de sua dama por inteiro - seja lá como for. Há que fazer do corpo uma morada onde clausure-se a mulher amada e postar-se de fora com uma espada - para viver um grande amor.

Para viver um grande amor, vos digo, é preciso atenção como o "velho amigo", que porque é só vos quer sempre consigo para iludir o grande amor. É preciso muitíssimo cuidado com quem quer que não esteja apaixonado, pois quem não está, está sempre preparado pra chatear o grande amor.

Para viver um grande amor, na realidade, há que compenetrar-se da verdade de que não existe amor sem fieldade - para viver um grande amor. Pois quem trai seu amor por vanidade é um desconhecedor da liberdade, dessa imensa, indizível liberdade que traz um só amor.

Para viver um grande amor, il faut além de fiel, ser bem conhecedor de arte culinária e de judô - para viver um grande amor.

Para viver um grande amor perfeito, não basta ser apenas bom sujeito; é preciso também ter muito peito - peito de remador. É preciso olhar sempre a bem-amada como a sua primeira namorada e sua viúva também, amortalhada no seu finado amor.

É muito necessário ter em vista um crédito de rosas no florista - muito mais, muito mais que na modista! - para aprazer ao grande amor. Pois do que o grande amor quer saber mesmo, é de amor, é de amor, de amor a esmo; depois, um tutuzinho com torresmo conta ponto a favor...

Conta ponto saber fazer coisinhas: ovos mexidos, camarões, sopinhas, molhos, strogonoffs - comidinhas para depois do amor. E o que há de melhor que ir pra cozinha e preparar com amor uma galinha com uma rica, e gostosa, farofinha, para o seu grande amor?

Para viver um grande amor é muito, muito importante viver sempre junto e até ser, se possível, um só defunto - pra não morrer de dor. É preciso um cuidado permanente não só com o corpo mas também com a mente, pois qualquer "baixo" seu, a amada sente - e esfria um pouco o amor. Há que ser bem cortês sem cortesia; doce e conciliador sem covardia; saber ganhar dinheiro com poesia - para viver um grande amor.

É preciso saber tomar uísque (com o mau bebedor nunca se arrisque!) e ser impermeável ao diz-que-diz-que - que não quer nada com o amor.

Mas tudo isso não adianta nada, se nesta selva escura e desvairada não se souber achar a bem-amada - para viver um grande amor.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

TEMOS A LIBERDADE QUE QUEREMOS? (TÂNIA POLON)






Alguns pais educam seus filhos para serem meros espectadores na vida. Acredito que temos uma “liberdade” truncada. Como se nos falassem, faça o que estou mandando que será a pessoa mais livre que conhecerá. Como de fato poderemos crescer como seres humanos se não nos permitem ter as nossas próprias escolhas? Escolhas estas que nos fará conhecer nosso mundo exterior e interior.

Podem até nos dizer... “Eu sei o que é bom para você”, mas de fato quem sabe o que é bom para o outro? Quem sabe quais são as experiências que as outras pessoas precisam viver? Muitas realizações que são importantes para uma pessoa pode não ser para outra. O Ser Humano é tão complexo que até hoje se descobre coisas novas a respeito do próprio. Se os Seres Humanos não forem valorizados e respeitados integralmente, viverão uma vida inteira sem terem a possibilidade de construírem metas concretas e que lhes propiciem satisfação, alegria e amor pelas realizações em suas vidas.


Acreditar que as pessoas podem fazer o melhor é indicar-lhes o caminho que devem seguir, dotando-as de confiança e coragem, e permitindo-lhes que vivam o profundo processo de aprendizado. Ninguém sabe qual melhor cartilha de vida se adéqua ao seu estilo. Simplesmente vivemos a cada dia aprendendo com os erros e valorizando os acertos. Quando aprisionamos sentimentos alheios, tornamo-nos tão cruéis quanto qualquer ditador.


Mas essa liberdade tem um preço muito alto. Temos que estar preparadas para convivermos conosco e que nos conservemos felizes quando não tivermos ninguém ao nosso lado, que nos amemos de verdade ao ponto de aceitarmos nós mesmos. Temos que nos posicionar na condição de provedores das nossas despesas pessoais.


Qual é o nosso objetivo maior nessa existência? Não seria aprendermos a nos conhecer, a conviver conosco? Quem não consegue ficar sozinho consigo mesmo não poderá deixar florescer toda infinita sabedoria que se esconde dentro de si. O maior legado que Deus nos deixou foi esse sentimento chamado amor... O amor nos toca a essência, nos transforma em Seres fortes e frágeis ao mesmo tempo, nos enche de emoção, nos faz chorar de tanto sorrir. O AMOR é o sentimento que nos faz acreditar que viver a vida sempre faz sentido.


segunda-feira, 5 de julho de 2010

ALCANÇANDO SEUS OBJETIVOS (TÂNIA POLON)






Aprendi a duras penas que a frase “O SILÊNCIO É DE OURO. A PALAVRA É DE PRATA”, usada pelos orientais consiste na mais real e pura realidade.

Quando vocês estão lutando em prol de um objetivo maior em suas vidas. Podem optar por dois caminhos:

Se quiserem obter êxito, preliminarmente devem se conservar em sigilo total e absoluto quando têm a intenção de correrem atrás dos seus maiores ideais de vida. Muitas vezes às pessoas dispersam energias quando comentam sobre seus segredos com outras pessoas. Quando divulgam para os quatro ventos que querem fazer isso ou aquilo. Energia esta que deveria ser utilizada corretamente, aplicada em função do seu objetivo maior.

Ou podem optar por divulgar para todos, tudo o que querem e sejam alvos de futuros cobradores de performances positivas. Muitas vezes lutam de forma incansável, mas não conseguem o sucesso almejado na primeira tentativa, ou não sabem o que de fato querem, ou não se empenham da forma como deveriam.

Quando não conseguem obter o êxito esperado, é imprescindível que façam uma avaliação interior e sejam os críticos mais ferrenhos que conhecem. É importante descobrirem aonde foi que erraram para que possam corrigi-los e nunca mais cometê-los novamente, e só assim poderão mudar o estado de derrota para vitória.

Todos têm a inteligência necessária para galgar espaços infinitos, basta que usem o maior instrumento que a vida lhes ofereceu. A mente. Órgão do nosso corpo capaz de nos levar até onde acreditemos. Se tanta gente acreditou além de suas possibilidades e atingiram o que almejaram. Todos podem chegar até onde quiserem. Basta que se utilize de instrumentos certos, como acreditar que é capaz, se empenhar ao máximo, utilizando-se de ferramentas necessárias para a concretização de fato dos concretos objetivos.

Os grandes inventores trabalhavam incansavelmente em seus projetos e idéias, apresentando os resultados obtidos ao público quando de fato conseguiam êxito. Portanto, O silêncio é de Ouro e a palavra é de prata.


sábado, 3 de julho de 2010

UM GRITO. UMA AFIRMAÇÃO. UM SUSSURRO (HELENA PAIX)







É que às vezes o que a gente sente é cansaço. Mero. Puro. Não-tão-simples cansaço.

Como aquele ‘montinho’ de sentimentos que a gente vai acumulando: um “deixa pra lá” uma hora; um “amanhã tudo será melhor” em outra, e às vezes um “tenho que ser mais forte” em outra hora.

E aquele ‘montinho’ vai crescendo.
Vai ficando mais alto e maior e vai tomando tanto espaço dentro da gente que uma hora não dá mais: acaba saindo: acaba virando grito, ou choro, ou sono, ou desespero.

E aí não resta outra: a gente grita, ou chora, ou dorme ou se desespera mesmo.

Mas o importante é que isso seja o que é: um cansaço.
Porque a questão do cansaço é que ele só existe até estarmos cansadas.
E estar é apenas um modo de se ficar: depois que passa, acaba.

E a gente pode voltar a não ter mais tanta necessidade de gritar ou chorar ou dormir ou se desesperar.

Eu sei que falo sempre:
Vai! Confia na vida!
Vai! Sê forte: você É forte!
Segue em frente! O amanhã é um dia camarada!
Não se esquece de sorrir! Há tantos motivos para você ser feliz!

E tudo é a mais pura verdade.
É no que acredito e em que me apóio.

Mas tem o tal do cansaço.
E ele vem: mais cedo ou mais tarde ele vem.

Porque a questão é que buscar sempre formas de crescer, de administrar a vida, de lidar com os problemas da melhor possível e, sim, de acreditar em dias melhores: tudo isso dá uma trabalheira!

Não há mágica, gente!
Ter fé dá trabalho!
Acreditar é um exercício!
Dos pesados!

E por isso mesmo que é tão difícil.
E por isso que são, infelizmente, poucas as pessoas que conseguem seguir fielmente esse exercício.

Muitas se matriculam na academia.
Fazem o maior sacrifício, pagam a mensalidade, mas na hora de continuar aquilo dia após dia... iihhhh. Não dão conta. Desistem. E lá voltam para as suas vidas sem tanto exercício.

A metáfora é válida: acreditar no que não podemos ver ou antever não é tarefa fácil. Saber que talvez se passe muito tempo até chegarmos a um resultado concreto, que pode ser visto e sentido, não é fácil. Por isso nem dá para culpar quem desiste pelo meio do caminho.

Mas... tem um negócio aí em ti, sabe?
Dentro do teu peito, ali junto do coração, tem um negócio que fica te pedindo respostas: que fica querendo um pouco mais de segurança: que fica insistindo em uma solução.

É esse negócio, que nada mais é do que você em sua forma mais pura e real, que precisa sim que você tope o desafio desse exercício.

Chamaremos de “exercício de ser-se”, está bem?

>> Mas, Helena, exercício de ser o quê?

Ah!
Exercício de ser TUDO o que você pode ser!
Exercício de enxergar a famosa luz no fim do túnel.
Exercício de na hora do desespero absoluto, ainda assim, ser capaz de acreditar em uma reviravolta da vida.


Exercício de encher poderosamente o pulmão e perceber que você está absolutamente viva!


Exercício de perceber que não há ninguém igual a você em um planeta de mais de 2 bilhões de habitantes!
Então como você poderia ter a pequenez de imaginar que você não faria falta? Ou que você não é valiosa? Ou que a tua vida não tem um propósito? Ou que você não é exatamente como deveria ser?

Exercício de ser-se!
Deve ser praticado todos os dias.

E aí, quando a gente cansa, a gente se deixa estar cansada por uns diazinhos.
Não tem problema.
Você não precisa ser forte sempre.

Mas aí, depois desses diazinhos, você sacode a poeira, levanta, e começa de novo o exercício!

Cabeça baixa só vê o chão em que se está pisando: não vê os chãos que existem mais à frente.

E é necessário que você saiba disso: são tantos os chãos!
São tantos os caminhos!
Mesmo que você ache que não: são muitos os caminhos.

A questão é que cada caminho tem seus riscos e desafios: cada caminho tem uma coleção de medos e inseguranças para nos dar de brinde.

E aí, às vezes a gente escolhe aquele caminho cujos medos e inseguranças são menores.
Mas menores são também as possibilidades.

Tudo, eu repito, tudo que seja absolutamente incrível e até ambicioso traz como brinde quantidades gigantes de medos e inseguranças.

É que eles são proporcionais, sabe?
É a pegadinha da felicidade para nós: “Ó, te ofereço um caminho aqui, no fim dele você talvez encontre tudo o que quis, mas eu não te dou certeza de nada! Não te garanto nada! Está avisada!”

É difícil sim.
Como escolher o que é tão incerto?
Como saber o que é melhor?

Não há outra resposta: EXERCITANDO-SE!


"O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.
O que for o teu desejo, assim será tua vontade.
O que for a tua vontade, assim serão teus atos.
O que forem teus atos, assim será teu destino."

quinta-feira, 1 de julho de 2010

FRASES (MACHADO DE ASSIS)






“Deus, para a felicidade do homem, inventou a fé e o amor. O Diabo, invejoso, fez o homem confundir fé com religião e amor com casamento”.


“Esquecer é uma necessidade. A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa de apagar o caso escrito”.


“Cada qual sabe amar a seu modo; o modo, pouco importa; o essencial é que saiba amar”.


“O dinheiro não traz felicidade — para quem não sabe o que fazer com ele”.


“Não é amigo aquele que alardeia a amizade: é traficante; a amizade sente-se, não se diz”.


“Lágrimas não são argumentos”.


“Creia em si, mas não duvide sempre dos outros”.


“Não levante a espada sobre a cabeça de quem te pediu perdão”.


“A mentira é muita vez tão involuntária como a respiração”.


“A vida é cheia de obrigações que a gente cumpre por mais vontade que tenha de infringi-las deslavadamente”.


“A vida sem luta é um mar morto no centro do organismo universal”.


“Está morto: podemos elogiá-lo à vontade”.


“Eu não sou homem que recuse elogios. Amo-os; eles fazem bem à alma e até ao corpo. As melhores digestões da minha vida são as dos jantares em que sou brindado”.


“Pensamentos valem e vivem pela observação exata ou nova, pela reflexão aguda ou profunda; não menos querem a originalidade, a simplicidade e a graça do dizer”.



“Livros e flores
Teus olhos são meus livros.
Que livro há aí melhor,
Em que melhor se leia
A página do amor?

Flores me são teus lábios.
Onde há mais bela flor,
Em que melhor se beba
O bálsamo do amor?”



“Suporta-se com paciência a cólica dos outros”.


“Palavra puxa palavra, uma idéia traz outra, e assim se faz um livro, um governo, ou uma revolução, alguns dizem que assim é que a natureza compôs as suas espécies”.

PENSAMENTOS (CLARICE LISPECTOR)






“Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento”.


“Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro”.


“Que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho”.


“Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome.


Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato... Ou toca, ou não toca”.


“Quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós”.


“E se me achar esquisita, respeite também. Até eu fui obrigada a me respeitar”.


“Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil”.


“Passei a vida tentando corrigir os erros que cometi na minha ânsia de acertar”.

quarta-feira, 30 de junho de 2010

O QUE FAZEMOS DAS NOSSAS VIDAS? (TÂNIA POLON)






Vivemos em um planeta muito habitado. Imaginem quantos pensamentos e sentimentos não circundam nas mentes dos seres desse planeta?

O mundo está repleto de emoções. As pessoas criam formas e pensamentos no decorrer de suas vidas. Essa atmosfera propicia para que o planeta viva positivamente ou negativamente. Imaginem um pulmão cheio de fumaças tóxicas. Essas formas e pensamentos podem caracterizar um lixo tóxico ou um ar puro que jorramos para nosso planeta através dos nossos pensamentos e sentimentos. Infelizmente muitas pessoas consomem-se diariamente num turbilhão de pensamentos e sentimentos nefastos, deixam de acreditar no potencial de força que habita dentro de cada um de nós e se colocam na condição de coadjuvantes de suas próprias vidas.

O que fazemos de bom em prol do nosso planeta? Cuidamos dos seres humanos, dos mares, dos rios, da natureza, dos animais, preservamos a água, a comida? Estamos construindo um mundo melhor ou destruindo o lar das nossas futuras crianças? Cuidamos dos nossos sentimentos?

Para que possamos criar um mundo melhor para nós e as crianças, é importante primeiramente que cuidemos dos nossos sentimentos, que sejamos dóceis e meigos conosco e que plantemos amor em nossos corações e assim distribuirmos sementes para que a felicidade cresça diariamente em nossas vidas.

Quantas experiências de vida não são vividas diariamente em cada lar deste planeta?

Somos uma enciclopédia repleta de conteúdos diversificados. Com certeza teríamos que escrever tantos livros que não teríamos tempo suficiente para ler tantas histórias, nem que vivêssemos uma vida de milhões de anos. A humanidade é rica em histórias. Histórias personificadas a cada dia. Se registrássemos cada passo de cada pessoa não teríamos espaço suficiente para inserir tantos dados, nem no papel ou no disco rígido dos computadores.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

VIVER COM MEDO É VIVER PELA METADE (DIEDRA ROIZ)








A vida é feita de escolhas. Mas quem decide é você?

Muitas vezes nos permitimos ser meras coadjuvantes, até mesmo figurantes em nossas próprias vidas.

Quando o ideal seria não aceitarmos função menor do que roteiristas.

Mas não é fácil segurar o volante, muito menos se responsabilizar.

Ah… A ilusão de que é muito melhor sentar no banco ao lado, não ser aquela que guia.

Porém…

Co piloto não pode reclamar se acabar trilhando um caminho que não gostaria…

Sei que por vezes, não vemos a saída.

Tudo parece claustrofóbico, sufocante, impossível.

Entretanto, o invisível existe.

Assim como ao redor de nós existem milhares de partículas que não vemos, por dentro também é exatamente assim.

Precisamos apenas descobrir.

Não me levem à mal, meninas.

Esse texto não se propõe a ser um discurso de verdades absolutas, radicalismos ou quebra de paradigmas.

Só que…

Importante mesmo na vida é ser feliz.

Não aquela felicidade passageira, de quem arrumou uma namorada ótima, comprou um carro ou ganhou na loteria.

Essa passa. Basta um sopro do destino.

Um término, uma falência, uma batida…

Porém…

Aquela absoluta, convicta.

Haja o que houver.

O mundo caindo, e você firme, insistindo, certa de que tudo vai dar certo, não importa como,
você vai conseguir.

Essa sim.

Não esqueçam de que o jogo só termina quando o juiz apita.

E que a esperança só morre se você a enterra, quando você não mais acredita.

Se há dor e insatisfação, só existem duas opções: mudar ou engolir.

Independente de “não tenho idade, não tenho dinheiro, não tenho coragem…”

Crie condições para ter e conseguir!

Lamentar afasta muito mais do que a boa sorte. Gasta uma energia que poderia ser aplicada em ações para se obter o que se deseja.


“Nosso medo mais profundo não é o de sermos inadequados.
Nosso medo mais profundo é que somos poderosos além de qualquer medida.
É a nossa luz, não as nossas trevas, o que mais nos apavora.
Nós nos perguntamos: Quem sou eu para ser brilhante, maravilhoso, talentoso e fabuloso?
Na verdade, quem é você para não ser?
Você é filho do Universo. Fazer-se de pequeno não ajuda o mundo.
Não há iluminação em se encolher, para que os outros não se sintam inseguros quando estão perto de você.
Nascemos para manifestar a glória do Universo que está dentro de nós.
Não está apenas em um de nós: está EM TODOS NÓS.
E conforme deixamos nossa própria luz brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas, permissão para fazer o mesmo.
E conforme nos libertamos do nosso medo, nossa presença, automaticamente liberta os outros.”
(Nelson Mandela)

Todas temos medo.

Faz parte da vida.

Se vamos dominá-lo ou deixar que ele nos domine, é onde a diferença começa e termina.


www.diedraroiz.com

domingo, 27 de junho de 2010

VIDA E SONHO (TÂNIA POLON)







A vida nos oferece todos os dias altos montes para atingirmos, mas nos prendemos a pequeninas planícies, não temos coragem de sonhar alto, não nos imaginamos vencedores antes de começarmos uma luta árdua. Quem disse que seria fácil? Viver em um mundo com bilhões de pessoas querendo alcançar metas, superar desafios e os próprios limites? Não é coisa fácil, mas, não se dar ao luxo de correr em direção aos seus desafios, é deixar a vida correr solta e não adianta chorar amanhã. Lembre-se que hoje será ontem amanhã e o tempo voa...

SONHAR... Por que não? Ai de nós se não nos restasse o sonho. O sonho nos suaviza a alma, nos acalenta por dentro, nos faz sorrir pelo que conquistaremos ainda. Faz-nos fortes e corajosos, nos sentimos heróis de nós mesmas. Viver sem limites para sonhar é você internalizar uma grande vontade e se sentir poderoso para começar a idealizar seus sonhos...

Que bom que já tem sonhos, mas e daí? Não é hora de começar a dar os primeiros passos para a concretização dos seus SONHOS ou OBJETIVOS? Não tenha medo de encarar a vida de frente, ganhará aprendizado, amadurecerá como ser humano, fique feliz com a linda pessoa que és e acredite que você também é capaz de ser o SER HUMANO que gostaria que fosse. Basta acreditar que também é capaz de realizar algo, dar o melhor de si em prol dos seus sonhos.

Todos os vencedores de hoje não tiveram medo de si mesmo, se assim o tiveram, venceram suas fraquezas e fragilidades e chegaram aonde quiseram. Não tenha medo do desconhecido. Quem sabe o desconhecido não é tão feio quanto parece? Muitas vezes o desconhecido que nos assusta pode vir recheado de momentos que nos fará melhores do que somos e felizes de verdade!

Se pararmos um pouco para sentir a brisa suave que entra em nossas narinas, perceberemos a grandeza deste universo e seremos invadidos por uma paz e serenidade renovadoras.

Temos que aprender a parar, a refletir, serenar, olhar mais para as pessoas, brincar, passear, ir ao parque, ao cinema, ao teatro, andar pela rua sem compromisso simplesmente. A vida passa tão depressa que quando acordamos os anos se passaram e não vivemos tudo que tínhamos para viver. Prendemo-nos a correria do dia a dia e nos esquecemos que somos simplesmente SERES HUMANOS QUE QUEREM SOMENTE SER FELIZES...

sábado, 5 de junho de 2010

ABRE SEUS OLHOS PARA O AMOR (TÂNIA POLON)







O que faria se alguém batesse insistentemente na porta do seu coração enquanto estivesse dormindo e não escutasse essas batidas?

Ficaria feliz quando descobrisse que deixou a felicidade escapulir dos seus dedos?

Deve estar sempre alerta... Nunca saberá quando a felicidade o contemplará com a grande sorte.

Sorrir sempre na esperança de que essa pessoa ao lado, seja aquela que fará seu coração tocar as mais doces sinfonias, que traduza todo sentimento que sente por si mesma e que será capaz de compartilhá-lo.

Perceba as mensagens subliminares do seu coração, do seu corpo. Sinta a vibração em cada célula e que te faz sentir que está vivendo no paraíso.

Fique de olhos abertos e atento a tudo e a todos. Não deixe sua vida despercebida por você nem por ninguém. Acorde para a vida, deixe-a cheia de aventuras e sem limites para sonhar e conquiste a felicidade em cada detalhe que a vida lhe oferecer.

Que possas descobrir a pessoa que te fará sorrir com sua simples presença e assim descortinar-se a si mesma. Que essa pessoa acalme seus ânimos e seu coração seja leve que nem uma pluma, sereno que nem uma música clássica, ágil que nem um raio e amoroso e cheio de amor incondicional.

Que o AMOR seja o adjetivo perfeito e se mude definitivamente para seu coração e possas compartilhar com sua cara metade momentos plenos e concretos de inteira FELICIDADE...

quinta-feira, 27 de maio de 2010

AMORTERAPIA (PROF. HERMÓGENES)





Tenho uma enorme pena do ignorante que diz:

"Amor coisa nenhuma; estou afim de gozar, ganhar, curtir, esbaldar..."

Que terrível doença que é a ignorância!

É doença mesmo, e infelizmente transmissível.

"Amor coisa nenhuma..."

Quem assim fala, além de doente, um sofredor, um imaturo, e, embora não pareça, um débil.

Quem é assim terá de sofrer muito para poder aprender; inevitavelmente atingirá o fundo do poço...

E é exatamente este desmoronar que o fará despertar, e só assim poderá ver o quanto é urgente tratar-se.

E aí, a terapia mais eficiente, aliás, a única, é aprender a AMAR.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

ESTAR EM PAZ CONSIGO MESMA (TÂNIA POLON)







O que é de fato estar em paz consigo mesma? Estamos em paz conosco? Quando podemos dizer que estamos em paz de verdade?

Algumas pessoas te dirão que estar em paz consigo mesmas é não dever dinheiro a ninguém, pagar suas contas em dia, que as deixa dormir em paz. Mas de fato não dever a ninguém ou pagar suas contas em dia não significa que estamos em paz conosco. Pagar suas contas em dia é uma simples obrigação de todos nós e não há mérito algum nisso.

Outras dirão que o dever cumprido as deixam em paz consigo mesma. Que ao ter educado bem aos seus filhos, estarão em paz consigo mesmas. Mas e a responsabilidade social? Nós a cumprimos de fato? Sei que temos direitos e deveres a cumprir diariamente em nossa vida, mas é responsabilidade de todos nós estimularmos crianças a agirem de acordo com a ética, princípios como a honestidade, respeito com as escolhas alheias, não sermos preconceituosos, ensinarmos a serem cidadãos.

Valores e virtudes que deveriam estar internalizados em nós, como o respeito ao próximo, devido as inúmeras dificuldades enfrentadas por pessoas com dificuldades de locomoção, idosos, pessoas grávidas, não são respeitados e valorizados nos grandes centros deste país. As pessoas se esquecem de olhar ao lado. Muitas, acredito que por estarem cansadas da maratona olímpica que corre solta nas grandes cidades, fecham seus olhos, fingem que estão dormindo para não cederem até mesmo as cadeiras que são destinadas as pessoas com essas dificuldades. Estas pessoas podem dizer que estão em paz consigo mesmas?

Outras dirão que elas se responsabilizando pelas suas próprias vidas já as deixam em paz consigo mesmas. A maior obrigação de suas vidas é consigo mesmas.

Outras dirão que estar em paz consigo mesmas é realizarem um trabalho voluntário... Que o trabalho voluntário as fazem plenas, reais, que ao doarem-se ao próximo preenchem suas vidas de amor e felicidade. Que este trabalho lhes proporciona a maior felicidade que tiveram em suas vidas e que ao deitarem suas cabeças no travesseiro, sentem-se com o sentimento do dever cumprido, e que estão em paz consigo mesmas...

Mas pergunto... Essa pessoas são plenamente felizes? Estar em paz consigo mesmas as deixam completamente felizes?

Qual é a diferença entre ser feliz e ter felicidade? FELIZES estamos em alguns momentos de nossas vidas, são pequenos momentos que nos fazem felizes. FELICIDADE é mais completa, é o nosso estado de espírito. É quando somos felizes e valorizamos as pequenas coisas da vida. Quando abrimos nossos olhos da alma para enxergar: o sorriso do SER HUMANO, o brotar de um grão de areia, o florescer de uma flor, o ir e vir das ondas do mar, o descer sereno das águas de um rio, o ser humano e a natureza em si estão repletos de temperos que nos leva a aprendermos a vivenciar a pura felicidade em nossas vidas...

Quando proporcionamos alegria aos outros, como se fosse um ímã, essa alegria retorna duplicada para nós. Muitas vezes, quando realizamos algo por outra pessoa, a pessoa mais necessitada somos nós. Eis a razão de tanta FELICIDADE que sentimos em AJUDAR AO NOSSO PRÓXIMO.

Se prestarmos mais atenção as pessoas ao lado, expulsaremos de perto de nós a tão dolorosa solidão. Quantas pessoas querem conversar conosco nas ruas, nos restaurantes, nos ônibus, nos metrôs, nas praças, em tantos lugares e fechamos nossos ouvidos para elas e depois pagamos altas somas em consultórios de psicólogos?

Muitas vezes não somos FELIZES por que não somos dóceis conosco, nos isolamos dos demais e sentimos um vazio profundo. Nunca se sabe quem será aquela pessoa que nos acolherá nesse ou naquele momento de nossa vida...

Ao fecharmos nossos olhos para as pessoas poderemos estar fechando nossos olhos para grandes coisas a serem realizadas em nossa vida. Quem sabe não estamos diante do grande amor que tanto vislumbramos? De um novo amigo fiel e companheiro que nos acompanhará na nossa jornada? Quem sabe??? Ninguém sabe, basta andar de olhos bem abertos para novas experiências!!! A vida pode ser diferente e melhor, DEPENDE DE CADA UM DE NÓS!!!

O AMOR QUE VOCÊ QUER (HELENA PAIX)







A questão é que mesmo com todos os sorrisos que você distribui para as pessoas, têm vezes em que você olha para o espelho e chora ao ver apenas a sua imagem.

E por mais que você tente se convencer de que a sua pessoa não deva nunca ser um “apenas”, a verdade é que às vezes o vazio é sim grande demais, o silêncio é alto demais e a solidão é asfixiante como uma multidão.

E você não consegue pôr em palavras o que quer, mas você já está cansada e sabe sim o que não quer.

Você não quer o caos que um dia já teve. Você não quer as brigas de volta. Você não quer de novo a sensação de estar sempre mendigando aquele amor. Você não quer a desigualdade. Você não quer sentir tanta insegurança e medo. Você não quer ser de novo a única a lutar por uma relação. Você não quer que outra vez você ame sem ser amada. Você não quer acreditar de novo para no fim ver-se sem sonho algum. Você não quer mais nada que faça o seu coração se quebrar e se machucar novamente.

E a questão é, querida, que eu sei que você está cansada. Eu sei que você está tentando ser forte e que está se agarrando a tudo para continuar a acreditar.

E lhe digo que você sabe sim o que você quer: você quer ser entendida. Você quer ser respeitada. Você quer ser aceita exatamente como você é. Você quer ser amada na sua forma mais natural e nua. Você quer alguém que sorria com o seu sorriso, alguém que chore as suas lágrimas. Alguém que saiba do seu silêncio.

Você quer alguém que te faça tirar os pés do chão. Alguém que traga toda a tua crença e esperança à tona de novo. Alguém que desenterre os sonhos que você escondeu lá bem dentro de você.

Você quer a coisa mais antiga do mundo, querida: você quer amar e ser amada de volta.

Eis a questão.

Eu li uma vez uma historinha sobre uma mulher que não acreditava em Deus. E um sábio lhe perguntava: há algo ou alguém que você ame muito? E ela respondeu: Tenho um sobrinho que amo imensamente. E o sábio respondeu: Então o seu sobrinho é o seu deus.

O que eu quero dizer com isso, querida?

Eu quero dizer que viver é uma questão de administrar os recursos que você tem NO MOMENTO.


Você não pode viver de ontem’s.

E muito menos viver de amanhã’s.

O HOJE É TUDO O QUE VOCÊ TEM.


Não lhe prometerei que o amor-amante chegará, querida.

Mas lhe prometo sim que você amará muito na sua vida se você se permitir ver, realmente enxergar, tudo o que maravilhosamente preenche a sua vida.

Prometo-lhe sim que se você souber caçar seus sorrisos, chegará o dia em que eles virão até você sem que você precise andar atrás deles.

Prometo-lhe sim que, se você aprender a ver, espelho algum é formado apenas de uma imagem. E, você, querida, você não é apenas uma. Você é tantas coisas dentro desse pacote que leva o seu nome!

Coisas que você tem que aprender a ver, a enxergar.

E o amor não leva apenas um nome, querida.

E a verdade é que, se quando você leu a frase “você quer amar e ser amada de volta” você disse um “isso mesmo!” dentro de você, eu já fico aqui pulando de alegria e de orgulho de você, querida!

Fico bem mais em paz por saber que você não aceitará nada menos que isso.

Que você curtirá todos os outros amores da sua vida em paz, até que um dia um amor que realmente mereça o nome de amor lhe encontre.

E se você souber reconhecer todos os outros ‘deuses’, todos os outros amores ao seu redor, lhe garanto: a sua vida se tornará muito mais repleta de sorrisos do que o que está.

E a verdade é, querida, que a vida é uma safadinha: ela só gosta de quem gosta dela.

Então lhe digo: se estou certa sobre o amor que você quer, me dê a graça de acreditar em mim e perceber o tanto de outras coisas que você tem no momento.

Quando a gente percebe o que tem, quando esse é o nosso foco, o que nos falta chega sem que soframos.

Porque é isso, entende?

A consciência da falta de um amor não ajuda na chegada dele, pelo contrário.

Mas a consciência do tanto que a vida te oferece faz com que o amor te ache de tantas formas que
é bem capaz que aquela forma esperada também chegue logo, logo.

Afinal, se eu fosse o amor eu iria morar em quem sabe reconhecê-lo nas suas várias formas.

Ame, querida.

A si mesma e ao que você já tem.

O que você ainda não tem, chega.

Como tantas outras coisas que você já conquistou.

Se você quer um amanhã legal, cuide do hoje.

Ele deve ser a sua prioridade.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

VOCABULÁRIO DA VIDA (LUIZ GONZAGA PINHEIRO)







Pequeno dicionário para se entender mais profundamente o significado de algumas palavras muito importantes na vida de qualquer pessoa, explicado com o sentimento, sem a formalidade das regras gramaticais ou amarras filosóficas.


Adeus: É quando o coração que parte deixa a metade com quem fica.

Amigo: É alguém que fica para ajudar quando todo mundo se afasta.

Amor ao próximo: É quando o estranho passa a ser o amigo que ainda não abraçamos.

Caridade: É quando a gente está com fome, só tem uma bolacha e reparte.

Carinho: É quando a gente não encontra nenhuma palavra para expressar o que sente e fala com as mãos, colocando o afago em cada dedo.

Ciúme: É quando o coração fica apertado porque não confia em si mesmo.

Cordialidade: É quando amamos muito uma pessoa e tratamos todo mundo da maneira que a tratamos.

Doutrinação: É quando a gente conversa com o Espírito colocando o coração em cada palavra.

Entendimento: É quando um velhinho caminha devagar na nossa frente e a gente, estando apressado, não reclama.

Evangelho: É um livro que só se lê bem com o coração.

Evolução: É quando a gente está lá na frente e sente vontade de buscar quem ficou para trás.

Fé: É quando a gente diz que vai escalar um Everest e o coração já o considera feito.

Filhos: É quando Deus entrega uma jóia em nossas mãos e recomenda cuidá-la.

Fome: É quando o estômago manda um pedido para a boca e ela silencia.

Inimizade: É quando a gente empurra a linha do afeto para bem distante.

Inveja: É quando a gente ainda não descobriu que pode ser mais e melhor do que o outro.

Lágrima: É quando o coração pede aos olhos que falem por ele.

Lealdade: É quando a gente prefere morrer que trair a quem ama.

Mágoa: É um espinho que a gente coloca no coração e se esquece de retirar.

Maldade: É quando arrancamos as asas do anjo que deveríamos ser.

Morte: Quer dizer viagem, transferência ou qualquer coisa com cheiro de eternidade.

Netos: É quando Deus tem pena dos avós e manda anjos para alegrá-los.

Obsessor: É quando o Espírito adoece, manda embora a compaixão e convida a vingança para morar com ele.

Ódio: É quando plantamos trigo o ano todo e estando os pendões maduros a gente queima tudo em um dia.

Orgulho: É quando a gente é uma formiga e quer convencer os outros de que é um elefante.

Paz: É o prêmio de quem cumpre honestamente o dever.

Perdão: É uma alegria que a gente dá e que pensava que jamais a teria.

Perfume: É quando mesmo de olhos fechados a gente reconhece quem nos faz feliz.

Pessimismo: É quando a gente perde a capacidade de ver em cores.

Preguiça: É quando entra vírus na coragem e ela adoece.

Raiva: É quando colocamos uma muralha no caminho da paz.

Saudade: É estando longe, sentir vontade de voar; e estando perto, querer parar o tempo.

Sexo: É quando a gente ama tanto que tem vontade de morar dentro do outro.

Simplicidade: É o comportamento de quem começa a ser sábio.

Sinceridade: É quando nos expressamos como se o outro estivesse do outro lado do espelho.

Solidão: É quando estamos cercados por pessoas, mas o coração não vê ninguém por perto.

Supérfluo: É quando a nossa sede precisa de um gole de água e a gente pede um rio inteiro.

Ternura: É quando alguém nos olha e os olhos brilham como duas estrelas.

Vaidade: É quando a gente abdica da nossa essência por outra; geralmente pior.


O texto foi extraído do livro: “O Homem que Veio da Sombra”, do autor Luiz Gonzaga Pinheiro

quinta-feira, 20 de maio de 2010

FRASES, CITAÇÕES E PENSAMENTOS (CONFÚCIO)







• Experiência é o pente que a vida nos dá quando já estamos carecas.

• De nada vale tentar ajudar aqueles que não ajudam a si mesmo.

• É preciso mudar para que haja constante felicidade e sabedoria.

• O homem que cometeu um erro e não o corrige está cometendo outro erro.

• Quando vier a prosperidade, não a use de uma vez.

• A diferença entre um homem de sucesso e outro orientado para o fracasso é que um está aprendendo a errar, enquanto o outro está procurando aprender com os seus próprios erros.

• A humildade é o sólido fundamento de todas as virtudes.

• A virtude da humanidade consiste em amar os homens; a prudência, em conhecê-los.

• Aja antes de falar e, portanto, fale de acordo com os seus atos.

• Aprende a viver e saberás morrer bem.

• As palavras são a voz do coração.

• Até que o sol brilhe, acendamos uma vela na escuridão.

• Conhecimento real é saber a extensão da própria ignorância.

• Deixa o caráter ser formado pela poesia, fixado pelas leis do bom comportamento, e aperfeiçoado pela música.

• De nada vale tentar ajudar aqueles que não se ajudam a si mesmos.

POR QUE SOMOS TÃO IMEDIATISTAS? (TÂNIA POLON)







Por que queremos que tudo ocorra no nosso próprio momento e nos esquecemos que o melhor momento não é o nosso, mas o que Deus determina para nós? Por que queremos tudo para ontem e nos esquecemos de viver cada dia da nossa vida, quando percebemos a vida passou por entre os nossos dedos e nos deixou uma grande saudade da experiência não vivenciada?

Estamos presos a tantos projetos de vida que muitas vezes negligenciamos pessoas e fatos importantes em nossa vida. Vivemos numa rotina tão corrida que nos esquecemos que o sorriso mora ao lado. Que tem pessoas que nos admiram, nos amam, que gostariam de estar pelo menos um minuto conosco.

Mas não é tão fácil viver num clima de tanta competitividade. Às vezes perdemos nosso foco quando lutamos arduamente por uma vida cheia de desafios. Como diz o ditado popular: “Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”. Qual rumo devemos tomar, qual é a melhor direção a ser seguida? Seguir a sua vontade interior, tentar ouvir os apelos do seu coração. Parar um pouco e refletir qual é o melhor caminho a ser seguido rumo a sua felicidade.

Quando planejamos realizar algo com muita força e determinação, nos empenhamos para que esse algo se transforme num fruto das nossas lutas e não conseguimos obter o êxito tão esperado. Sentimo-nos a pior das criaturas desse universo... É como se estivéssemos abandonados por tudo e por todos.

Mas nem tudo está perdido! Nenhuma luta será em vão. Temos que acordar o mais cedo possível, sair desse ostracismo latente que paira sobre nós, e continuar na luta. Muitos dos projetos idealizados por nós, não fazem parte da nossa vida... Não devemos deixar o esmorecimento se apoderar do nosso corpo, do nosso coração, da nossa mente, de nós mesmos. Temos que arregaçar as mangas e continuar na batalha até vencermos nossa guerra interior. Será que lutamos tão bravamente em prol dos nossos sonhos e projetos?

Deus nas entrelinhas quer nos mostrar o quão fortes ou fracos estamos para com nossas lutas diárias. Basta observarmos aonde foi que erramos, o que deve ser mudado. Quais as ferramentas que temos em nossas mãos para que possamos ser de fato vencedores dos nossos sonhos, ideais e projetos de vida.

Quem disse que seria fácil? Se fosse fácil todos seriam arquimilionários. Ninguém precisaria lutar para conquistar seus objetivos. A vida nos trás a todo o momento coisas maravilhosas. Vamos até chegar ao patamar de arquimilionários, mas não vamos perder a sensibilidade para que possamos perceber a grandeza dos seres humanos, da natureza, do sol, da lua, dos mares, do céu, da poesia pura que vem do coração.

Que o nosso lado humano permaneça amoroso, sereno, tranquilo, humilde, cheio de contentamento, corajoso e sempre vivo conosco para os embates da vida diária...

quinta-feira, 13 de maio de 2010

SERMOS FELIZES SIMPLESMENTE - (TÂNIA POLON)








A vida nos oferece todos os dias altos montes para atingirmos, mas nos prendemos a pequeninas planícies, não temos coragem de sonhar alto, não nos imaginamos vencedores antes de começarmos uma luta árdua. Você pensou que seria fácil? Viver em um mundo com bilhões de pessoas querendo alcançar metas, superar desafios e os próprios limites? Não é coisa fácil, mas, não se dar ao luxo de correr em direção aos seus desafios, é deixar a vida correr solta e não adianta chorar amanhã. Lembre-se que hoje será ontem amanhã e o tempo voa...

SONHAR... Por que não? Ai de nós se não nos restasse o sonho. O sonho nos suaviza a alma, nos acalenta por dentro, nos faz sorrir pelo que conquistaremos ainda. Faz-nos fortes e corajosos, nos sentimos heróis de nós mesmos. Viver sem limites para sonhar é você internalizar uma grande vontade e se sentir poderoso para começar a idealizar seus sonhos...

Que bom que já tem sonhos, mas e daí? Não é hora de começar a dar os primeiros passos para a concretização dos seus SONHOS ou OBJETIVOS? Não tenha medo de encarar a vida de frente, ganhará aprendizado, amadurecerá como ser humano, fique feliz com a linda pessoa que és e acredite que você também é capaz de ser o SER HUMANO que gostaria que fosse.

Todos os vencedores de hoje não tiveram medo de si mesmo, se assim o tiveram, venceram suas fraquezas e fragilidades e chegaram aonde quiseram. Não tenha medo do desconhecido. Quem sabe o desconhecido não é tão feio quanto parece? Muitas vezes o desconhecido que nos assusta pode vir recheado de momentos que nos fará melhores do que somos e felizes de verdade!

Se pararmos um pouco para sentir a brisa suave que entra em nossas narinas, perceberemos a grandeza deste universo e seremos invadidos por uma paz e serenidade renovadoras.

Temos que aprender a parar, a refletir, serenar, olhar mais para as pessoas, brincar, passear, ir ao parque, ao cinema, ao teatro, andar pela rua sem compromisso. A vida passa tão depressa que quando acordarmos... Os anos se passaram! E não viveremos tudo o que tínhamos para viver. Prendemo-nos a correria do dia a dia e nos esquecemos que somos simplesmente SERES HUMANOS QUE QUEREM SOMENTE, SER FELIZES...

sábado, 8 de maio de 2010

QUAL É O SIGNIFICADO DA PALAVRA AMOR??? (TÂNIA POLON)







O Amor nos transforma em pessoas mais meigas, o amor...

Razão que nos move a fazer sempre o bem...

Razão que nos move a perdoar o nosso próximo...

Razão que nos leva a sorrir por um simples gesto recebido...

Razão que nos leva a viver em serenidade...

Razão que nos deixa enternecido...

Razão que nos deixa sereno...

Razão que nos revela o quanto devemos ser dóceis conosco...

Razão que nos revela segredos que nos alavanca a vida...

Razão fundamental para nos sentirmos ágeis...

Razão fundamental para nos sentirmos bem conosco...

Razão que nos impulsiona a seguirmos para frente...

Razão que nos impulsiona a mantermos ideais e sonhos bons...

O AMOR NOS ENVOLVE CALOROSAMENTE SEMPRE QUE NOS SENTIMOS VIVOS PARA ACREDITAR QUE AMAR VALE SEMPRE A PENA...

QUANDO NOS SENTIMOS PERSONAGENS PRINCIPAIS DA NOSSA VIDA E LUTAMOS PELA FELICIDADE...

QUANDO ACREDITAMOS QUE A VIDA PODE NOS OFERECER FLORES COLORIDAS...

AMAR É RAZÃO DA EXISTÊNCIA DO AMOR...

AMOR É A RAZÃO DA NOSSA FORMA DE AMAR...

terça-feira, 27 de abril de 2010

PENSAMENTOS (MAHATMA GANDHI)







Mahatma Gandhi foi não só um grande pensador mais um homem que dedicou a sua vida ao ativismo da não violência. Vale a pena relembrar alguns dos seus pensamentos:

“Nunca perca a fé na humanidade, pois ela é como um oceano. Só porque existem algumas gotas de água suja nele, não quer dizer que ele esteja sujo por completo”.

“A coragem nunca foi questão de músculos. Ela é uma questão de coração. O músculo mais duro treme diante de um medo imaginário. Foi o coração que pôs o músculo a tremer.”

“O que mais me impressiona nos fracos, é que eles precisam humilhar os outros, para se sentirem fortes”.

"Seja em você a mudança que quer para o mundo".

"Uma civilização é julgada pelo tratamento que dispensa às minorias".

"A minha preocupação não está em ser coerente com as minhas afirmações anteriores sobre determinado problema, mas em ser coerente com a verdade".

"Aquele que não é capaz de governar a si mesmo, não será capaz de governar os outros".

"Quem busca a verdade, quem obedece a lei do amor, não pode estar preocupado com o amanhã" .

"O desejo sincero e profundo do coração é sempre realizado; em minha própria vida tenho sempre verificado a certeza disto".

"Só podemos vencer o adversário com o amor, nunca com o ódio".

"A não violência nunca deve ser usada como um escudo para a covardia. É uma arma para os bravos".

"Todas as minhas experiências me provaram que não existe outro Deus a não ser a verdade".

"O capital em si não é mau; mas o mau uso dele transforma-o num mal".

"A satisfação está no esforço feito para alcançar o objetivo, e não em tê-lo alcançado".

"Aprendi através da experiência amarga a suprema lição: controlar minha ira e torná-la como o calor que é convertido em energia. Nossa ira controlada pode ser convertida numa força capaz de mover o mundo".

"Quanto mais puro for um coração, mais perto estará de Deus".

"Orar não é pedir. Orar é a respiração da alma. Como o corpo que se lava não fica sujo, sem oração se torna impuro".

"Cada dia a natureza produz o suficiente para nossa carência. Se cada um tomasse o que lhe fosse necessário, não havia pobreza no mundo e ninguém morreria de fome".

"Se estamos atentos, Deus nos fala em nossa própria língua, qualquer que seja".

"O amor é a força mais sutil do mundo".

"O medo tem alguma utilidade, mas a covardia não".

"A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte".

"O homem arruína mais as coisas com as palavras do que com o silêncio".

"O futuro dependerá daquilo que fazemos no presente".

"O fraco nunca perdoa. O perdão é a característica do forte".

"É melhor que fale por nós a nossa vida, que as nossas palavras".

"Olho por Olho, e o mundo acabará cego".

"A verdadeira educação consiste em obter o melhor de si mesmo. Que outro livro se pode estudar melhor do que o da Humanidade?"

"A verdade jamais prejudica a uma causa que é justa".

"Não devemos perder a fé na humanidade que é como o oceano: não se suja porque algumas de suas gotas estejam sujas".

"Não há caminho para a paz, a paz é o caminho".

"Se queres mudar ao mundo, muda-te a ti mesmo".

"A verdade é totalmente interior. Não há que a procurar fora de nós nem querer realizá-la lutando com violência com inimigos exteriores".

"Não há caminho para a paz, a paz é o caminho" .

"Não deixes que se morra o sol sem que tenham morrido teus rancores".

"Viva como se fosse morrer amanhã".

"aprenda como se fosse viver para sempre".

“Se um dia um único homem atingir a mais alta qualidade do amor,então será o suficiente para apagar o ódio de milhões”.

O QUE A VIDA PODE NOS OFERECER? DEPENDE DE NÓS... (TÂNIA POLON)







Por que deixamos que as pessoas ajam por nós, assumam nossas vidas, nos dê comando, nos intimide, nos machuque, nos tire a serenidade?

Quantas vezes deixamos de construir algo novo em nossa vida por não escutarmos a nossa voz interior?

Quantas vezes permitimos que outras pessoas nos joguem suas lamentações diárias?

Quantas vezes deixamos que as pessoas nos mostrem os caminhos que deveremos seguir?

Quantas vezes permitimos que os outros se sintam sócios-proprietários do nosso destino?

Quando será o dia que assumiremos as rédeas da nossa vida, que daremos cabeçadas, murros em pontas de facas? Mas reaprenderemos a viver, a caminhar tranquilamente, mesmo que seja a passos curtos até alcançarmos passos largos? Até atingirmos os nossos objetivos mais profundos?

A vida nos foi dada para que cuidemos do nosso corpo, da nossa alma, do nosso espírito, do nosso bem estar...

Para que sejamos felizes...

Para que não tenhamos medo de cair, mas sim de coragem para levantar, e que a cada queda, a transformemos em estímulo para continuarmos lutando...

Para que possamos vibrar todos os dias com novas descobertas...

Para que aprendamos a amar uns aos outros e esse amor possa ser distribuído com cada ser passante do nosso caminho diário...

Para que aprendamos a sorrir de coração e peito aberto...

Para que a própria vida tenha um significado significativo e queiramos construir um mundo mais ameno e sereno para todos...

Para que os limites alcançados, sejam divididos com todos em prol da verdadeira felicidade em conjunto com todos que encontrarmos em nosso caminho.

A vida pode nos oferecer rosas com espinhos, mas vamos tentar retirar cada espinho que se coloca na nossa frente e nos debrucemos nas pétalas das rosas e sejamos felizes conosco... Quando não nascemos com a sorte, teremos que avançar.


A LUTA É ÁRDUA, SÃO TANTAS PESSOAS QUE SONHAM SONHOS MUITO SEMELHANTES, LUTAM ACIRRADAMENTE PARA ALCANÇAR SUAS METAS... MAS SÓ OS FORTES VENCERÃO, DIGO AQUELES QUE NÃO DESISTEM NUNCA, QUE ACREDITAM QUE PERDER UMA BATALHA É SINÔNIMO DE APRENDIZADO E MAIOR IMPULSO PARA ATINGIR MAIS UM SUCESSO EM SUA VIDA, DOS INÚMEROS QUE ESTÃO POR VIR.

SÓ SE DEVE DESISTIR DE LUTAR PELOS SEUS SONHOS APÓS A REALIZAÇÃO DOS MESMOS. QUEM QUER ATINGIR O SUCESSO TEM QUE SER UM DESBRAVADOR DE MARES, TERRAS, CHUVAS, SÓIS, LUAS. E NÃO SE DESANIMAR NA PRIMEIRA QUEDA, QUE ELAS NOS SIRVAM DE VONTADE DE QUERER LUTAR MAIS E MAIS...

domingo, 25 de abril de 2010

AMIZADE (TÂNIA POLON)







Do fundo do coração saem as mais doces sinfonias de carinho em nome de um sentimento, de uma palavra, de uma descoberta mágica chamada AMIZADE.

A amizade não se encontra largada nas ruas da cidade... A amizade se encontra no convívio com pessoas que nos compreendem, que nos alimenta o ser com a sua iluminada presença... Que nos faz sorrir pela simples presença...

A amizade se concretiza com a compreensão mútua, com o apoio eterno e companheiro laço de amor para com aqueles que nos aceitam seres humanos que somos.

Ser amigo é poder afiançar um lindo e novo recomeço de duradouras pinceladas de carinho em sua vida buscando formar novas amizades e que elas apareçam para preencher o seu coração de amor e luz...

sexta-feira, 23 de abril de 2010

CONSELHOS DE UM VELHO APAIXONADO (CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE)







O Drummond é fascinante em seu poema: Conselhos de um velho apaixonado... Faz-nos refletir sobre nossa necessidade de sermos dóceis conosco, que observemos nos pequeninos detalhes as nuances de um grande e verdadeiro amor. É importante que estejamos atentos a cada passo que damos, que aprendamos a desacelerar um pouco dessa rotina louca que nos engajamos, em prol de uma alegria profunda que pode brotar dentro do nosso coração. Que do nosso âmago surjam percepções que nos levem a vibrações de AMOR e possamos contribuir para um sorriso solto, sereno e até mesmo uma bela gargalhada... Vejamos o poema do Drummond:



Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e, neste momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem de água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.

Se o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: alguém do céu te mandou um presente divino: O AMOR.

Se um dia tiverem que pedir perdão um ao outro por algum motivo e, em troca, receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras, entregue-se: vocês foram feitos um pro outro.

Se por algum motivo você estiver triste, se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa sofrer o seu sofrimento, chorar as suas lágrimas e enxugá-las com ternura, que coisa maravilhosa: você pode contar com ela em qualquer momento de sua vida.

Se você conseguir, em pensamento, sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do seu lado...

Se você achar a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijamas velhos, chinelos de dedo e cabelos emaranhados...

Se você não consegue trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que está marcado para a noite...

Se você não consegue se imaginar, de maneira nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado...

Se você tiver a certeza que vai ver a outra envelhecendo e, mesmo assim, tiver a convicção que vai continuar sendo louco por ela...

Se você preferir fechar os olhos, antes de ver a outra partindo: É o amor que chegou na sua vida.

Muitas pessoas apaixonam-se várias vezes na vida, mas poucas amam ou encontram um amor verdadeiro. Às vezes encontram e, por não prestarem atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente. É o livre-arbítrio.

Por isso, preste atenção nos sinais. Não deixem que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR!!!

quinta-feira, 22 de abril de 2010

SORRIR SEMPRE CONOSCO (TÂNIA POLON)







O mundo foi construído em sete dias para sorrirmos...

Em sete dias posso descobrir a maneira de te fazer feliz numa infinita felicidade.

Em sete dias posso descortinar os recônditos de sua alma para te envolver com a minha inspiração carinhosa...

Em sete dias posso descobrir que a felicidade não mora ao lado, mais dentro dos nossos corações...

Em sete dias posso descobrir infinidades de coisas...

Vibraremos uma felicidade tão grande que nunca mais nos lembraremos dos momentos tristes vividos em nossas vidas...

Sorriremos para nós mesmas que nem bobas na corte e dividiremos cada sorriso com o nosso semelhante e os ensinaremos a sorrir cada vez mais e a cada dia de suas vidas...

E completaremos o nosso momento mágico... vivendo o amor em sua totalidade e em sua maior grandeza, como ao despertarmos em frente ao horizonte... em frente ao mar, ao sol, as estrelas cadentes... e sentindo esse amor vibrando em cada célula do nosso corpo e permeando cada órgão.

20 PENSAMENTOS (ECKHART TOLLE)

1) O momento presente é a coisa mais preciosa que existe... As pessoas não percebem que agora é tudo o que é, não exi...