Postagens

Mostrando postagens de 2015

GOSTO (CRIS ANVAGO)

Imagem
Gosto das palavras que enfeitam o meu dia.

Dos olhares que me alcançam a alma.


Da beleza do vento quando sussurra o teu nome.


Da simplicidade das pequenas coisas.


Das cores que me vestem nos sonhos por onde navego.


No verbo onde não encaixo a palavra, mas sorrio na prosa.


Onde deixo fluir todo o meu sentir.


Gosto do gosto da vida, mesmo nos instantes amargos.


Existe a doçura com que salpico os meus dias.


Gosto das palavras transformadas em gestos.


Que não terminam quando o sol nasce.


Gosto do gosto onde revelo o sonho que ainda não nasceu.

QUANDO OS FILHOS VOAM (RUBEM ALVES)

Imagem
Sei que é inevitável e bom que os filhos deixem de ser crianças e abandonem a proteção do ninho. Eu mesmo sempre os empurrei para fora. Sei que é inevitável que eles voem em todas as direções como andorinhas adoidadas.
Sei que é inevitável que eles construam seus próprios ninhos e eu fique como o ninho abandonado no alto da palmeira…
Mas, o que eu queria, mesmo, era poder fazê-los de novo dormir no meu colo…
Existem muitos jeitos de voar. Até mesmo o vôo dos filhos ocorre por etapas. O desmame, os primeiros passos, o primeiro dia na escola, a primeira dormida fora de casa, a primeira viagem…
Desde o nascimento de nossos filhos temos a oportunidade de aprender sobre esse estranho movimento de ir e vir, segurar e soltar, acolher e libertar. Nem sempre percebemos que esses momentos tão singelos são pequenos ensinamentos sobre o exercício da liberdade.
Mas chega um momento em que a realidade bate à porta e escancara novas verdades difíceis de encarar. É o grito da independência, a força …

AS PESSOAS NÃO SUPORTAM A DIFERENÇA (FERNANDA TAKAI)

Imagem
Na última terça-feira, estive a trabalho na capital paulista. Fui gravar um videoclipe no melhor estilo pouca verba, muita vontade. A ideia era andar de madrugada pela Rua Augusta – que vai do luxo ao lixo – enquanto cantava uma canção que diz: “a gente se acostuma com tudo”. Ou quase… Eu usava uma maquiagem e um figurino que remetiam diretamente ao personagem Edward Mãos-de-tesoura. Vocês devem se lembrar dele. Uma versão moderna e mais sentimental do Frankenstein, acrescido do talento para cortar cabelos, plantas etc., em formatos bem originais. Fiquei irreconhecível. Até parece que cresci uns 20 centímetros com os cabelos muito arrepiados.
Comecei a caminhar lentamente, enquanto as cenas eram captadas. A cada minuto alguém passava de carro ou a pé e gritava alguma coisa como: “olha a loucona!”, “bicha”, “sai, macumba!”, “que ser é esse, meu pai?”, sempre em tom de escárnio ou reprovação. Detalhe: quando percebiam que era uma gravação, trocavam um pouco a postura ofensiva por um “que…

POLLYANA E O JOGO DO CONTENTE (ELEANOR H. PORTER)

Imagem
Pollyana era a filha de um missionário, cujo salário era tão baixo que ele mal podia obter o essencial para viver. De tempos em tempos, chegavam à missão caixas com roupas usadas e quinquilharias para serem distribuídas. Poliana esperava que algum dia chegasse alguma contendo uma bonequinha. Seu pai havia até escrito pedindo para que na próxima caixa viesse uma boneca já usada para sua filha. A caixa veio, mas, em vez de uma boneca, trazia um par de muletas. Notando a decepção da criança, o pai disse: "Há uma coisa pela qual podemos ficar contentes e agradecidos: é de não precisarmos de muletas". Foi então que começaram a jogar o "jogo do contente", como o chamaram, procurando e achando qualquer motivo para alegrar-se e agradecer, não importando o que fosse, e sempre o achavam. Por exemplo, quando fossem obrigados a comer uma refeição reduzida num restaurante, por não poderem pagar as guloseimas constantes do cardápio, diziam: "Bem, estamos contentes por gosta…

O FUTURO DEPENDE DE CADA UM DE NÓS! (TÂNIA POLON)

Imagem
Observo muitas pessoas pessimistas pelo Brasil e pelo Mundo afora devido às dificuldades enfrentadas em suas vidas...

Acredito que somos guiados e protegidos por uma força maior que nos mantém vivos e nos inspira diariamente ao progresso e que nos leva a atingir patamares sólidos...

Faz-se imprescindível retirarmos do fundo do nosso coração uma força que nos levará ao progresso pessoal...

Dificuldades sempre existirão, mas que nos sirvam de estímulo para superarmos as nossas deficiências interiores e possamos de fato exteriorizar todo potencial de mudança interior...

Precisamos acreditar no nosso sucesso para que valha a pena ter lutado incansavelmente por ele...

Percalços são necessários para que possamos fortalecer pequenos detalhes que a vida nos apresenta através das idas e vindas e dos sobe e desce...

Fortalecer nossos anseios e sonhos é importante para que a vitória final tenha sabor de dever cumprido e que essa luta árdua em busca pelas realizações nos faça evoluir como Seres Humanos…

POR MAIS UMA SEMENTE DE PAZ (LANA NÓBREGA)

Imagem
Existem muitas energias no mundo.

Somos pontos cósmicos que têm a grande bênção de experienciar a vida.

Viver, sentir, tentar, amar, cuidar.

Mas são as nossas ações que compõem a vida que se faz ao nosso redor.

Nosso canto de mundo é, na verdade, diminuto.

Somos pequenos espectros na dimensão imensurável do Universo.

Ao pensar assim, podemos entender que talvez cultivar uma existência de paz não seja tão difícil.

Há que se cuidar das energias que estão sob nossa responsabilidade.

Muito me preocupa os dedos apontados, a necessidade de julgar o certo e o errado.

As novas tecnologias nos permitem ter acesso a intimidades de outras pessoas, à fragilidade da história de outras pessoas.

O que fazemos com esse acesso?

As energias que desprendemos no cuidar ou não do que é do outro são responsabilidade nossa.

O ato de escrever a nossa vida se dá paulatinamente.

E a empatia com o que é do outro é a chave para percebemos também aquilo que é nosso.

O que desprendemos à vida é tão nosso que a nós r…

POR QUE SOFREMOS TANTO? (TÂNIA POLON)

Imagem
Se vivêssemos para a unicidade seríamos mais felizes...
Essa dualidade emocional na qual insistimos em viver nos faz achar que a nossa felicidade depende de outra pessoa para que seja completa, e nos faz fugir da nossa própria individualidade e unicidade...
Se o nosso maior aprendizado é conhecermos a nós mesmos, acredito que vivemos numa dualidade constante por que sabemos o que verdadeiramente importa, mas não acreditamos e nem vivenciamos essa verdade...
Qual é o elixir da felicidade?
É compreendermos que somos deuses e devemos aprender a viver a unicidade a fim de sermos um só nesse grandioso mundo criado por Deus. Se somos filhos de Deus, somos reflexo Dele!
Se somos reflexo de Deus estamos nos preocupando sem necessidade com a felicidade, gerando um grande gasto de energia e retardando a nossa evolução, pois a nossa meta é atingirmos a unicidade e sermos um só com DEUS...
DEUS como o grande Sol Central e Centro Criador desse universo, não criaria pessoas para viverem tão pouco tempo, …

TARDE – MADRUGADA (TÂNIA POLON)

Imagem
Numa Tarde pueril Comecei a imaginar fantasias de relevo De relance De enlace

Madrugada adentro Cheguei a me transformar Sou delírio Sou estrada

Que caminha em redemoinhos Rumo a lua Rumo ao mar Rumo ao nada

Nada que se parece pouco Pouco que se parece nada Pouco ou Nada
Mais que nos diz muito... 
Da Tarde... 
Da Madrugada...

09/05/2015

PALAVRAS CINTILANTES (KIKA MENDONÇA)

Imagem
No início o que parecia abominável
Tornou-se mágico, belo
Parecia o toque dos magos do oriente 
Para proclamar O nascimento de uma árvore frondosa
Que espalharia seus Ramos e cobriria
A humanidade de amor, ternura e compaixão


Assim foi o momento em que conheci
A sua palavra, o seu verbo
E minhas letras tomaram forma, Produziram efeitos,
Transpuseram a superfície,
Emergiram do universo
E possuíram a minha boca



A minha alma,
Sim, elas cintilaram
Seu brilho
Dançaram o tango da profecia
E me reproduziram
No ciberespaço



Me espelharam no seu mar
Na sua penumbra
Se fizeram silentes
Se fizeram falantes
Sim, as minhas palavras confessaram
Meu segredo
Sussurraram o meu amor
Sim, foram as minhas palavras
Imprintadas em mim
Que refletiram o meu ser

28/05/2005

POEMA PARA MEU AMOR (EDNA BERTA)

Imagem
Beija-me, Amor
Ah...
Faz-me voar
Leva-me mais perto do céu
Me acaricie com doçura
Olha-me nos olhos



Deixa-me ver refletida nos seus olhos
Minha imagem
De mulher apaixonada
Deixa-me perdida
Dentro da sua vida
Não me dê alternativas
Faça-me cativa

BRUMAS DO MEU AMOR (KIKA MENDONÇA)

Imagem
Na esplêndida alvorada O vento frio a soprar Parece surgir um canto É a voz do teu amor a chamar

Sinto o vento em pleno açoite Não sei se grito ou calo de verdade Não sei se penso alguns instantes Ou se espero a brisa chegar

O frenesi ampara meu corpo Que dilacera sem palavras Me prendo em brumas Me vejo em silhueta

Só em ti posso sentir A ternura de teu beijo O brilho dos teus olhos O encanto do teu sorriso


Eu te amo!

06/06/2005

ESSE NEGÓCIO QUE CHAMAMOS MEDO (LANA NÓBREGA)

Imagem
A questão é que vamos nos suprimindo.


Vamos aprendendo a calar a nossa voz.

Não apenas a voz que produz som externo, mas também a voz que  vibra para dentro: que nos fala de nós mesmos, de quem somos e do que sentimos.

Essa voz interna, entenda, ela é crua: crua como o mais cru pode ser.

E, por isso mesmo, ela é brutal em suas revelações.

Tão brutal, tão completamente sem pudores ou cerimônias, que muitas vezes choca a nós mesmos com suas verdades tão cruas.

Por isso, por medo de tanta verdade, vamos fazendo de conta que não escutamos essa voz de dentro.

Desviamos os pensamentos, mudamos de assunto, choramos sozinhas(os) na calada da noite.

Ou simplesmente vamos vivendo uma vida que não é nossa – não porque somos covardes, mas porque o medo é às vezes tão grande, tão maior que nós mesmas(os), que consegue sim nos calar.

Mas o medo, mesmo tão grande, mesmo tão assustador, esse próprio medo que te assombra é, perceba, a estrada para tudo o mais que existe além dele.

A verdade é que, sim, o medo é …

O QUE SERÁ DA VIDA??? (TÂNIA POLON)

Imagem
Sem o sopro sem a vida que lhe mantém...

Sem o sangue sem o suor que lhe retém...

Vida minha vida sua vida louca...

Sem prazeres sem odores sem flores...

Sem paragens sem viagens sem vinténs...

Vida minha vida sua vida louca...

Que lhe faz lhe traz como um refém...




Essa vida que conduz uma transição...


Com o sopro com a vida que se tem...

Com o sangue com o suor que lhe mantém...

Vida minha vida sua vida boa...

Que lhe mantém lhe retém e lhe faz bem...

Com prazeres com odores e com flores...

Com paragens com viagens e com vinténs...


Vida minha vida sua vida boa...

Que lhe faça que lhe traga a liberdade...

Para poder contemplá-la como ninguém...



A vida é para ser vivida...

A vida é para ser sentida...

A vida é para ser experimentada...

A vida é um viver vivido...
A vida é um viver sentido...
A vida é um viver experimentado...

05/04/2015



UM AMOR TÃO GRANDE ASSIM (TÂNIA POLON)

Imagem
Como mensurar o tamanho, o tempo e a profundidade do amor entre duas pessoas???



Um amor tão grande não morre com um suspiro...


Um amor tão grande não morre por um vendaval...


Um amor tão grande não morre com uma tempestade...


Um amor tão grande não morre pela distância...


Um amor tão grande não morre com o passar dos dias...


Um amor tão grande não morre com o passar dos meses...


Um amor tão grande não morre com o passar dos anos...


Um amor tão grande não morre com o passar dos séculos...


Um amor tão grande se perpetua para sempre no fundo de dois corações...


Um amor tão grande se reconhece em leves toques sutis da alma...


Um amor tão grande se renova todos os momentos da convivência diária...


Um amor tão grande é livre...


Um amor tão grande é cúmplice...


Um amor tão grande é baseado na confiança...


Um amor tão grande é baseado no respeito...


Um amor tão grande deixa-nos completos...


Um amor tão grande é pleno porquê se completa na plenitude do próprio amor...


O TAMANHO DO AMOR É O TAMANHO DO PULSAR DE…

FRASES MULHERES

Imagem
1 Eu quero ser tudo que sou capaz de me tornar. "Katherine Mansfield"


2 Tenha até pesadelos, se necessário for, mas sonhe. "Patrícia Galvão"


3 Respirei fundo e escutei o velho e orgulhoso som do coração. Eu sou, eu sou, eu sou. "Sylvia Path" 


4 O futuro pertence à aqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos. "Eleanor Roosevelt"


5 Se você já foi ousada, não permitam que a amansem. "Isadora Duncan"


6 Tua força interior e tuas convicções não tem idade. "Madre Teresa de Calcutá"


7 Liberdade é realmente não sentir medo de espécie alguma. "Nina Simone"

8 Você controla suas próprias vitórias e derrotas. "Maria Sharapova"


9 Toda dor pode ser suportada se sobre ela puder ser contada uma história. "Hannah Arendt"


10 Uma mulher possui a idade que merece. "Coco Chanel"


11 Plante o seu próprio jardim e decore a sua própria alma, em vez de ficar à espera que alguém lhe traga flores. "Veronica Shoffsta…

FÉ (PROFESSOR HERMÓGENES)

Imagem
Fé...


É a certeza de que a Onipresença, a Onipotência e a Onisciência de Deus estão atuando em nossas vidas.


Fé...


É Conquista...

É Evolução...

É Transformação...

É libertação...


Eu tenho Fé em Ti...

Porque Te sinto em mim e vivo em Ti...

Em mim, Tu é Lei, tomas conta de mim, cada vez mais...

Cresce em mim a libertadora e autêntica humildade de render-me a Ti...


Sou Tua...

Tu és meu...

Esta é minha Fé...

Aceito o que vier, por vir de Ti...


És meu Pai e não me dás "pedra" quando Te peço "peixe"...

O que me dás é sempre o meu bem, não importando a aparência...

Por isso sou Invencível...








INSPIRAÇÃO (LANA NÓBREGA)

Imagem
|Para os momentos de caos e confusão interna|



INSPIRAÇÃO..



Lembra-se de quando você era pequena(o) e era tão, tão fácil algo te interessar?


Algo te entreter por horas e horas seguidas?


Às vezes tenho a impressão de que vamos deixando “pedacinhos de nós mesmas(os)” ao longo do caminho, ao longo do crescer.


Achamos que para aprendermos todas as coisas novas que precisamos aprender, temos que também desaprender as coisas que já tínhamos aprendido.


E aí desaprendemos a nos entreter.

Desaprendemos a nos interessar.

Desaprendemos a acreditar.

Desaprendemos a nos inspirar...


Desaprendemos a seguir aquele impulso, aquela vontade, aquelas pequenas coisas que foram, durante tanto tempo, responsáveis por muitos dos sorrisos mais puros que tivemos em nosso crescer.


É como se fôssemos nos permitindo perder a ternura que antes tínhamos.


E a ternura, veja bem, é um tipo de óculos colorido: ela te permite ver o além das coisas.


A dor, olha que mágico, se fantasia de um vilão passageiro que logo, log…

SER OU NÃO SER ASSUMIDA??? (DIEDRA ROIZ)

Imagem
“Desde que a vida tem a mesma duração, seja qual for a maneira de viver, é mais vantajoso viver com alegria e satisfação. Da mesma forma, uma vez que a vida é de contínua atuação, é mais valoroso atuar com prazer. Em vez de viver dias cinzentos reclamando e se sentindo forçada a fazer as coisas, use sua criatividade e viva de forma mais prazerosa”. (Daisaku Ikeda).

Tirei essa frase de um livro maravilhoso que ganhei. Se chama “365 dias – frases para mulheres”. É uma coletânea de frases do meu mestre, o Dr. Daisaku Ikeda. Estava bem ali, na data de hoje (é daquele tipo de livrinho onde você tem uma mensagem por dia). Como coincidências não existem, não foi à toa que a frase se encaixou perfeitamente no assunto que eu tinha em mente para essa semana:

Ser ou não Ser Assumida?

Eis a questão…

Como tudo na vida, isso também é relativo. No meu caso foi indolor e tranquilo. Mas sou exceção, não a regra. E confesso que tenho uma boa sorte incrível.

Explico:
- Nasci numa família muito inusitada. O …