sábado, 16 de outubro de 2010

PROFESSORES (TÂNIA POLON)






Dia 15 de outubro foi o dia do PROFESSOR e podemos todos nós nos sentir privilegiados por esse grande dia.

A missão do professor é mais ampla do que pensamos... Ele nos ensina a enxergar o mundo vislumbrando um futuro de sucessos... Ele nos inspira a fazer o que é certo em direção a nossa felicidade, ele nos ensina a acreditar em nosso potencial...

Professores de cidades grandes, de cidades médias, de cidades pequenas, da zona rural. Quanta dedicação externada por tanto amor ao próximo, amor pelo entendimento, amor pelo dever cumprido.

Quantos não são os professores que trabalham nos três turnos para que possam sobreviver? Ser professor de qualquer eixo é ser um super herói... Precisam muitas vezes recorrer à própria criatividade para que possam interagir e entreter os seus alunos.

Essa profissão deveria ser motivo de orgulho para todos nós que tivemos vários professores que nos ajudaram a criar nossa bagagem cultural, a nos transformar nos seres humanos que somos hoje. Não valorizamos o professor como deveria. O professor nos leva a viajar por caminhos inimagináveis. Quantos não são os alunos que nunca visitaram este ou aquele lugar, mas através dos livros foi conduzido por caminhos jamais visitados, mas que a sua imaginação o transformou em algo real para si mesmos?

Nada mais prazeroso do que você ver os olhos brilharem de alegria quando alguém aprende algo. Quando o professor enxerga em seus alunos alegria no aprendizado de uma simples matéria ele já se sente pleno e realizado por ter passado a lição de aprendizado a pelo menos um aluno.

Professores são todos nós que aprendemos e ensinamos diariamente uns aos outros a viver com classe, mas professor de profissão requer dedicação integral dentro e fora dos muros escolares, requer estado de alerta, requer amor a profissão, requer pura e inteira dedicação.

Ele nos mostra que tudo fica mais fácil quando estudamos , basta que nos dediquemos, tenhamos cuidado e zelo pelo nosso futuro que tudo será grandioso... Ele ainda nos mostra a importância de nos dedicarmos inteiramente por uma profissão que nos leve a sermos realizados, felizes e plenos na vida.

O professor dedicado nos inspira a sermos felizes, nos coloca de frente a nós mesmos e se esforça para que busquemos um caminho que nos satisfaça como seres humanos que somos, seres pensantes e que nos orientemos por nós mesmos.

Professores são todas as pessoas que ensinam umas as outras suas vivências e experiências de vida. Quando um aluno aprende, o professor sente-se realizado por ter plantado uma semente de conhecimento e essa semente deu frutos saborosos.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

SOMOS POLITIZADOS? (KIKA MENDONÇA)






Resposta ao email de Canadenses propagado por internautas Brasileiros sobre mentiras relacionadas a nossa candidata Brasileira Dilma. Acorda Brasil!!!

Antes que qualquer um de vocês falem de qualquer candidato, pergunte a si mesmos, eu sou politizado?

Se nunca se importaram em ler o estatuto dos partidos brasileiros, conhecer suas ideologias e que tipo de Brasil eles querem dar ao povo brasileiro, não há moral no que vocês propagam.

Passar corrente falando mal desse ou daquele candidato, é meramente um serviço de massa, que no jargão político é massa de manobra, ou seja, é boi levado ao matadouro.

Porque digo isso, porque me canso em ver atirarem pedra sem serem genuinamente brasileiros, pois vocês são apenas povo, e povo não sabe o que diz, não sabe argumentar porque são vazios de conteúdo político, são omissos por ignorância, essa ignorância nasce da falta de participação na vida pública, da falta de educação para a política.

Povo é isso, vive recorrendo a terceiros para justificar o comportamento de seu país, não se pergunta qual a contribuição quer dar para o seu país mudar.

Eu respondo, vocês não dão nenhuma contribuição, porque não sabem a ordem econômica que rege o Brasil, tão pouco vislumbram algum futuro, porque quem muda o Brasil são seus cidadãos, engajados na luta contínua para isso, e não esses incautos que precisam da imprensa marrom para respaldar sua omissão.

Faz-se avaliação política é visitando suas ruas, suas periferias, participando das sessões da Câmara e do Senado, e não sentado no teatro, ou cinema, mandando e-mails, achando que está construindo um bom candidato, ou um país melhor.

Vocês são a verdadeira vergonha do Brasil, pois analfabeto não é o de letras, mas sim, o de política como vocês, então que tipo de reforma vocês querem?

Querem uma revolução em tudo, se vocês não participam nem com o voto consciente?

Vocês lêem Plantão quando lhes convém, mas quando convém ler Russeau, não é com vocês, então leia a Marilena Chauí, tirem suas ignorâncias, leiam alguém, mas encontre resposta para argumentar o tipo de Estado que vocês buscam: comunismo é Marx, absolutismo é Tomas Hobbes, Estado forte e rico é Jonh Lock, Estado mínimo e fortalecimento dos países ricos é PSDB, Estado forte com inclusão gradual é PT e alianças, então aproveitem a leitura.

20 PENSAMENTOS (ECKHART TOLLE)

1) O momento presente é a coisa mais preciosa que existe... As pessoas não percebem que agora é tudo o que é, não exi...